Arquivo da tag: Viva o Gordo

Quem nasceu depois de 1986 pensa que Jô Soares é apenas um entrevistador. Mas quem realmente viveu a década de 80 se lembra muito bem do lendário programa humorístico criado e interpretado por ele nas noites do SBT e da Rede Globo. O “Viva O Gordo” foi ao ar de 1981 à 1987 e marcou uma época, com Jô incorporando personagens inesquecíveis como O Capitão Gay – ao todo, foram mais de 300 personagens diferentes.

Embora estrelado por Jô, o programa também recebia um grande elenco que incluía artistas que viriam a se consagrar nos anos seguintes em suas carreiras, como Claudia Raia, Louise Cardoso e Carlos Suely. Agora, o Canal Viva traz o programa humorístico de volta a partir de hoje às 21h. Taí uma excelente oportunidade para relembrarmos a época mais gloriosa do humor nacional dos anos 80 – uma vez que o canal também está reprisando o igualmente lendário TV Pirata.

Há oito anos morria o ator e comediante Jorge Lafond, e com certeza ele ainda faz muita falta. Famoso no programa A Praça É Nossa, onde interpretou o personagem Vera Verão e outros durante mais de dez anos, Jorge começou sua carreira como bailarino, e já em 1982 entrou para o elenco de dançarinos do programa Fantástico.

Na Globo, sua primeira casa, Jorge fez carreira participando dos principais programas humorísticos dos anos 80, como o Viva o Gordo, de Jô Soares, e Os Trapalhões. Também participou do lendário musical “Plunct, Plact, Zuum”, da filme “Bete Balanço” e da novela Sassaricando – onde interpretava o personagem Bob Bacall. Jorge foi uma das primeiras personalidades negras a assumir sua homossexualidade no Brasil e lutar contra o preconceito e discriminação racial e sexual.

Cláudia Jimenez

A engraçadíssima Cláudia Jimenez nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 18 de novembro de 1958. A atriz ganhou destaque nos anos 1990 como a Edileuza (“Sai de Baixo”) e a Bina (“Torre de Babel”). Mas sua carreira como humorista começou bem antes, em 1982, quando atuou simultaneamente nos programas da Rede Globo, “Chico Anysio Show” (Cacilda – Papel que reprisaria em 1991/92 na “Escolinha do Professor Raimundo”) e “Viva o Gordo” (diversos personagens). Parabéns Cláudia, muita saúde, sucesso e “Beijinho-Beijinho, Pau-Pau!”.

No início da década de 1980, enquanto o Regime Militar chegava ao fim, o humor de Jô Soares elevava o moral e a alegria dos brasileiros. Entre 1981 e 1987 o ator marcou época na Rede Globo com o “Viva o Gordo”, que era uma sátira explícita conduzida através de personagens hilários, todos com bordões irresistíveis. Até hoje a produção pode ser considerada o programa mais anárquico da Rede Globo.

Capa do DVD de "Viva o Gordo"

Mais de 20 anos após seu termino, a Globo Marcas finalmente lança no mercado um DVD com os melhores momentos do programa. Com dois discos, “Viva o Gordo” tem duração duração total de 5h30 e reúne personagens clássicos como Reizinho, Venturoso, Zé da Galera, Zezinho e o inesquecível Capitão Gay, o primeiro herói homossexual brasileiro. Criado por Max Nunes, o Capitão estava sempre acompanhado por seu assistente curiosamente chamado de Carlos Suely (Eliezer Motta).

Em tempo: A Globo Marcas também está lançando em DVD as recentes séries “Decamerão – A Comédia Do Sexo” e “Força-Tarefa”.