Arquivo da tag: trash romance

pretty in pink

Na década de 80, ninguém entendia mais sobre “paixões adolescentes” do que o saudoso diretor John Hughes, que produziu dezenas de clássicos insuperáveis daqueles tempos. Entre “A Garota de Rosa Shock”, “Curtindo a Vida Adoidado”, “Gatinhas e Gatões” e “Mulher Nota 1000″, ele foi o responsável por trazer ao mundo diversos dos hits que a gente curte na pista da Trash.

Das trilhas sonoras de seus filmes, podemos destacar “True”, do Spandau Ballet, “Don’t You (Forget About Me)” do Simple Minds, e “If You Leave” do Orchestral Manoeuvres in the Dark. Cada uma delas marcando a vida de todos nós e dos inesquecíveis personagens criados por ele.


Muita gente a clássica história de Cyrano de Bergerac, né? A peça de teatro escrita em 1897 falava sobre um nobre cidadão que era apaixonado por sua prima mas que não conseguia de declarar à ela pois era inseguro com relação à sua fisionomia – ele tinha uma nariz exageradamente grande. Sabendo que seu amigo também a amava, Cyrano o ajuda, escondido, escrevendo poemas de amor para ele recitar e conquistá-la. No final, o jogo acaba virando.

Em 1987, a história virou uma ótima comédia romântica estrelada por Steve Martin e Daryl Hannah. Nessa versão, ele é o chefe dos bombeiros de uma pequena cidade e ela uma astrônoma. O filme foi um grande sucesso de público e crítica e permanece até hoje como uma dos filmes mais legais do estilo.


amigos muito intimos

“Amigos Muito Íntimos” foi uma comédia romântica lançada em 1982. O casal em questão era foramdo pelos atores veteranos Burt Reynolds
e Goldie Hawn, e o filme tinha como música tema a faixa “How Do You Keep the Music Playing?”, interpretada pela dupla Patti Austin e James Ingram, que ganharam uma indicação ao Oscar de Melhor Canção daquele ano.

A sinopse segue bem a linha do romance que tem toques de comédia e drama bem famosa dos anos 80: Quando um casal profissional que viveram e trabalharam juntos por muitos anos, finalmente, decidem casar-se, o seu noivado repentino provoca muitas dificuldades inesperadamente engraçado e estranho. Eles logo descobrem que ser casado é muitas vezes bem diferente de estar “melhores amigos”.


“Digam o Que Quiserem” foi um filme romântico lançado em 1989 e dirigido pelo cultuado Cameron Crowe. Estrelado pelo galã John Cusak e a novata Ione Skye, o filme foi um grande sucesso de público e crítica e foi inclusive eleito um dos dez melhores filmes de “paixão estudantil” dos EUA em todos os tempos.

A sinopse é bem legal: Lloyd Dobler (John Cusack) acaba de completar o ensino médio e não tem qualquer perspectiva para o futuro. Ele é apaixonado pela garota mais linda e inteligente do colégio, Diane Court (Ione Skye), que está de viagem marcada para a Inglaterra. Desesperado, ele fará de tudo para conquistá-la no verão que resta, mas precisará primeiro escapar dos olhares atentos do protetor pai da amada.


princesa prometida

Neste sábado o clima de romance toma conta da Trash 80s lembrando aqueles filmes que eram (quer dizer, que são até hoje) ótimos para serem assistidos à dois, coladinho embaixo de um coberto. A década de 80 teve grandes filmes do gênero, que com certeza embalaram muitos romances tórridos por ai.

Podemos começar nossa seleção com um dos maiores exemplos disso: o filme “Amor Sem Fim”, de 1981, estrelado por Brooke Shields e com música tema de Diana Ross. Depois vamos para “A Garota de Rosa Shock”, clássico eterno de John Hughes. E pra fechar, não podemos esquecer “A Princesa Prometida”, de 1987.