Arquivo da tag: slasher

“Acampamento Sinistro” (1983) é um dos maiores filmes do gênero slasher dos anos 80. “Slasher” era o termo usado para designar filmes de terror onde a quantidade de sangue e tripas voando pela tela era mais importante do que o enredo ou o talento dos atores. Aliás, quanto mais garotas de lingerie e cabelos imensos o filme tivesse, mais sucesso ele faria. “Acampamento Sinistro” é um verdadeiro show nestes quesitos.

Dirigido por Robert Hiltzik, o filme conta a história de um acampamento onde crimes bastante estranhos acontecem sem muitas explicações. Tudo piora quando Angela e seu primo Ricky vão pra lá e não se dão muito bem com os outros adolescentes. Logo, a gente descobre a origem de tantos assassinatos sanguinolentos….

“Acampamento Sinistro” é um daqueles filmes que foram reprisado à exaustão na TV durante muitos anos e hoje é bem fácil de ser encontrado em DVD nas lojas e locadoras. O filme teve outras quatro continuações, a mais recente em 2008.

“A Morte Convida Para Dançar”, de 1980, foi um dos filmes que ajudaram a atriz Jamie Lee Curtis a ganhar o título de principal Screaming Queen (“Rainha do Grito”) da década de 80. Jamie, que vem de uma família de artistas e sempre atuou em filmes de diversos gêneros, se tornando inclusive um dos símbolos sexuais daquela década, também passou por grandes produções do cinema de terror oitentista, virando praticamente uma marca registrada do mesmo. Entre os filmes deste tipo estrelados por ela estão os clássicos “Halloween” (parte I, II, III e IV), “Trem do Terror” e “A Morte Convida Para Dançar”.

Neste filme, que segue à risca a tradição dos filmes estilo slasher, um baile de formatura se transforma numa verdadeira carnificina nas mãos de um maníaco mascarado que persegue quatro estudantes para se vingar da morte de uma criança no passado. O elenco conta também com o ator Leslie Nielsen, e fez muito sucesso na época: rendeu três sequencias nos anos posteriores e foi refilmado em 2008. Mas o melhor mesmo é o original, com Jamie no auge de sua beleza – e de seus gritos ensurdecedores.