Arquivo da tag: sempre livre

O rock verde e amarelo da década de 1980 ganha uma noite especial na programação de setembro da Trash 80’s, relembrando nomes como RPM, Gang 90 & Absurdetes, Titãs, Barão Vermelho, Sempre Livre, entre muitos outros. Além dos sets roqueiros, os hits da Trash também marcam presença. Durante a noite rolam divertidas gincanas com prêmios no palco.

13/09- Sábado – Rock Brasil
Especiais com bandas inesquecíveis
Gincana no palco
DJs: Omar, Eneas Neto e Nico

Comemore o seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro

Comemore o seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro

Comemore o seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro nessa festa. Preencha o formulário no final da página de aniversário, que a gente te liga.

Confirme sua presença e convide seus amigos do Eventos Trash 80's no Facebook

Trash 80′s
Quando:
Sábado, 13/9, a partir das 23h
Onde: Clube Caravaggio – Rua Álvaro de Carvalho, 40, Centro – São Paulo – Próximo ao metrô Anhangabaú
Quanto: R$ 35 entrada ou R$ 80 consumo sem reserva.
Com reserva ou flyer impresso do site, R$ 30 entrada ou R$ 70 consumo até às 3h.
Com Cartão de Fidelidade Clube Caravaggio/Trash 80′s, R$ 25 entrada ou R$ 60 consumo.
Lista de aniversariantes sábado: Convidados de aniversariantes pagam R$ 25 entrada ou R$ 60 consumo até 3h.
Reservas: reservas pelo site www.trash80s.com.br. Reservas sujeitas a disponibilidade.
DJs: Omar, Nico e Eneas Neto
Hosts: Paula Funny e Cristiano Pereira
Informações: (11) 3262-4881 / (11) 99162-8588 ou clique aqui.
Classificação etária: 18 anos
Ar-condicionado / Acesso para portadores de necessidades especiais / Proibido fumar
Não possui estacionamento próprio
Aceita dinheiro e cartões Visa e Master (débito e crédito)

Lembra da banda Sempre Livre? Aquele grupo formado por cinco mulheres que contagiou os anos 1980 com o refrão “Eu sou free, sempre free, eu sou free demais”. Em 2010, a banda comemora 25 anos de carreira e, para celebrar, volta aos palcos com nova formação.

O primeiro álbum foi lançado em 1984 com a vocalista Dulce Quental, mas se dissolveu em 1986. Agora, além da Flávia Cavaca (baixo e vocais) e Lúcia Lopes (bateria e percussão), que continuam desde a primeira formação, a banda é formada por Denise Mastrangelo (teclado e vocais), Ana Cris (guitarra e vocais) e Andréa Montezuma (vocalista).

Como a banda faz 25 anos de carreira, vale a pena rever alguns dos sucessos, como “Eu Sou Free” e “Fui Eu”. Também dê uma olhada nas fotos da primeira formação.



Na sexta-feira, 8/10, a banda Sempre Livre se apresenta no show “ELLAS a festa”, na The Week do Rio de Janeiro, que fica na Rua Sorocaba Cabral, 154. Mais informações pelo telefone (21) 2253-1020.



Uma das vozes femininas mais importantes do rock nacional dos anos 80 faz anversáirio hoje! É a Dulce Quental, que completa 50 aninhos. Parabéns!!!

dulce_quental

Dulce foi a vocalista do grupo Sempre Livre, a primeira banda de rock formada só por garotas no Brasil e um dos grandes sucessos nacionais da new wave. Quem não se lembra da faixa “Eu Sou Free”, hein? Depois em 1985 Dulce sai em carreira solo e também alcança bastante êxito. Seu último disco é “Beleza Roubada”, de 2004.

A banda Sempre Livre está de volta. Não lembra delas? Pois com certeza dessa música você se lembra:

O Sempre Livre foi um dos nomes mais legais da new wave brasileira dos anos 80, e, assim como o Afrodite se Quiser (também da mesma safra) era uma banda formada apenas por garotas. Criada no Rio de Janeiro, lançou seu primeiro álbum em 1984 que trazia o sucesso “Eu Sou Free”. A banda se dissolveu em 1986 mas retornou por um breve período em 1991 para gravar mais um disco. A vocalista principal era a carioca Dulce Quental, um dos ícones do estilo 80′s nacional e que também fez um grande sucesso em carreira solo, sendo inclusive uma compositora respeitadíssima pela crítica especializada.

sempre livre

A banda anunciou essa semana seu retorno aos palcos com nova formação: desta vez, Flávia Cavaca (baixo e vocais) e Lúcia Lopes (bateria) – as únicas integrantes originais do grupo – se juntam à Denise Mastrangelo (teclados), Ana Cris (guitarra e vocais) e Andréa Montezuma, a vocalista principal. O novo Sempre Livre deve se dedicar primeiramente aos shows ao vivo, recheados dos seus principais hits como “Seu Jeito Sexy de Ser” e “Fui Eu” além de versões de músicas de outros artistas como Rita Lee, Cazuza, Metrô e Ultraje á Rigor. Fique de olho nas agendas culturais por aí!