Arquivo da tag: polêmica

Desde o dia em que apareceu na MTV pela primeira vez, Sinéad chamou a atenção, fosse por seu nome estranho, pela sua cabeça raspada ou pela sua rebeldia. Sinéad marcou o final dos anos 80 e início dos 90 com seu pop feroz e político, mas também tinha espaço para romantismos a parte, como prova este que foi seu maior sucesso comercial – a cover de “Nothing Compares (2 U)”, escrita pelo músico Prince.

sinead

Sinead completa hoje 43 anos, então vamos comemorar aqui relembrando essa música e aproveite também para reler esse texto que a gente publicou aqui um tempinho atrás sobre as várias polêmicas que a moça se enfiou. Parabéns, Sinead!

Uma polêmica invadiu a Internet – e posteriormente os jornais, programas de tv, rádio, conversas no banheiro, etc etc etc – essa semana. Tudo começou alguns dias atrás, quando a rainha dos baixinhos Xuxa Meneghel criou sua própria conta no Twitter (o serviço de microblog que é uma das maiores febres da Internet em todo o mundo).

Até aí nada de mais. O problema é que Xuxa sempre postava seus comentários usando somente letras maiúsculas, o que, na etiqueta da web, é considerado falta de educação – letras maiúsculas significam que você está GRITANDO. Os internautas, é claro, começaram a fazer piadas sobre isso.

Xuxa até levou a brincadeira numa boa, e sem querer lançou um ótimo bordão que virou moda no Twitter: “é o meu jeitinho” (sua justificativa para escrever daquele jeito) caiu no gosto geral da nação twitteira.

xuxa

Mas o negócio ficou feio mesmo na noite de terça-feira, quando Xuxa colocou sua filha adolescente para postar também. Sasha acabou cometendo alguns graves erros de português (como escrever “sena” ao invés de “cena”) e, como já se era de esperar, acabou sendo vítima de uma enorme quantidade de piadas e gongos.

Mãe-coruja que ela só, Xuxa ficou furiosa, e saiu em defesa da cria. “Para quem não sabe, minha filha foi alfabetizada em inglês,vou pensar muito em colocar ela para falar com vocês. Sasha não merece ouvir certas coisas”, ela escreveu. “Fui, vocês não merecem falar comigo nem com meu anjo”.

Daí pro circo pegar fogo foi um pulo. O episódio já tinha virado uma polêmica sem tamanho, provocando a ira dos fãs da apresentadora e estimulando cada vez mais o lado piadista dos twitteiros. Pra piorar ainda mais a situação, o humorista Danilo Gentili (CQC) entrou na roda e deixou os fãs da loira com os nervos à flor da pele – a tal ponto que um deles gravou um vídeo nada discreto chamado “Mexeu Com a Xuxa, Mexeu Comigo!” e pôs no YouTube. Nem precisa dizer que virou hit instantâneo.

Nesta quinta, a guerra aumentou ainda mais quando um site publicou uma matéria falsa dizendo que a apresentadora ia processar o Twitter e bloquear o acesso dos brasileiros. Apesar de tal notícia ser totalmente FALSA (o próprio autor do texto escreve isso no final da matéria), muita gente não leu tudo até o final e saiu xingando a apresentadora por todos os cantos.

sasha, a filha da xuxa

sasha, a filha da xuxa

Agora é esperar que a imprensa brasileira explore o tal causo até não poder mais. E pelo que parece, isso vai demorar um pouco pra acabar.

O cantor Boy George algemou um homem à parede de sua casa em Londres, depois de acusá-lo de invadir seu computador, segundo relatos ouvidos num tribunal nesta segunda-feira (24) no início do julgamento do artista por acusação de cárcere privado.

O cantor, que está sendo julgado sob seu nome verdadeiro George O’Dowd, fez contato com Audun Carlsen, pela Internet, e os dois combinaram de encontrar-se para uma sessão de fotos pornográficas.

Em e-mails posteriores, porém, O’Dowd disse que gostaria de ver Carlson nu, e eles combinaram de encontrar-se uma segunda vez. Foi nesse segundo encontro que O’Dowd pareceu “decidido a resolver a disputa pela força”, e algemou o homem mais jovem.

Carlsen disse ao tribunal que um segundo homem ajudou a segurá-lo enquanto O’Dowd o espancava. “George me deu tapas, me espancou, me socou e gritou comigo”, afirmou ele.

Carlsen disse que conseguiu escapar depois de desatarraxar um gancho da parede, e foram mostradas à corte fotos de vergões vermelhos em sua cabeça e machucados em seu braço, segundo ele sofridas durante o ataque.

O’Dowd nega as acusações. O julgamento vai continuar.

fonte: Reuters