Arquivo da tag: one hit wonder

O Lipps Inc é um típico grupo de apenas um sucesso (one hit wonder). Em 1980 a música “Funkytown” ganhou as paradas e exatamente a 30 anos atrás, alcançou o topo da Billboard. Confira o vídeo:

Pra conhecer ou relembrar mais grupos que se consagraram com apenas uma música, acesse a Rádio Trash e procure pelas estações “One Hit Wonder” I e II.

Em 1986, Steve Bray, autor de “Everybody”, “Burning Up”, “True Blue” e “Papa Don’t Preach”, ofereceu uma de suas músicas novas pra Madonna, mas ela não gostou e dispensou. A co-autora de “Baby Love”, Regina Richards, resolveu então gravar ela mesma a música, com a produção aos cuidados do próprio Steve.

A gravadora encurtou o nome da moçoila pra apenas “Regina” e até hoje muita gente escuta esse “one hit wonder” e se pergunta que música da Madonna é essa…

Além de um tom de voz muito parecido, os timbres usados no arranjo de “Baby Love” são quase iguais aos dos dois primeiros ábuns de Madonna.

Depois de lançar o álbum “Curiosity”, e alcançar o 10º lugar na parada da Billboard, a mais importante dos EUA, ela que hoje chama-se Regina Lee, e é uma pacata dona de casa no estado da Geórgia, participou de uma famosa campanha anti-drogas em 87, e voltou para o anonimato.

Em 94, Danii “irmã mais nova da Kylie” Minogue regravou “Baby Love” e também fez algum sucesso com sua versão.

Se você fuçar na história do synth-pop dos anos 80, vai encontrar uma pérola infelizmente que se perdeu nas nuvens cinzentas do esquecimento: o duo Vicious Pink !

vicious_pink

Josephine Warden e Brian Moss viviam na cidade inglesa de Leeds quando em 1982 foram convidados pelo vizinho e amigo Marc Almond para fazer os backing vocals do histórico álbum “Non Stop Erotic Cabaret” do Soft Cell.

Ao participarem da gravação das faixas “Tainted Love”, “Seedy Films”, “Sex Dwarf”, “Bedsitter” e “Say Hello, Wave Goodbye” eles conseguiram fama e credibilidade para se lançarem com sua própria banda, que inicialmente se chamava Vicious Pink Phenomena.

De 82 até a separação em 86, com visual e letras que misturavam sexo e futurismo, o duo foi cultuado no mundo alternativo, chegando até a fazer uma turnê nos Estados Unidos, com direito a mimos promocionais como óculos e escovas-de-dente personalizados.

oculos_pink

escova_pink

Em 86, Josie se casou e se transformou em uma pacata dona-de-casa, enquanto Brian seguiu carreira musical, mas infelizmente voltando ao quase anonimato como tecladista da banda Mirazma.

Lá na buaty nessa véspera de feriado, você vai ouvir a versão synth que eles fizeram para o clássico “Je t’aime moi non plus”, de Serge Gainsbourgh durante um sexy show de pole dance:

no-doubt

A expressão “one-hit wonder” designa artistas de um único sucesso e isso foi o que não faltou na década de 1980, não é mesmo?

Pois é exatamente nessa época que o grupo vai focar em seu novo disco.

“Nas últimas semanas passamos o tempo ouvindo o pior dos anos 80, aquilo que parece ruim, mas é bom. Músicas pop, one-hit wonders, canções estilosas, essas coisas. Você volta no tempo e encontra coisas que ama, e tenta descobrir como eles fizeram isso”, disse a vocalista Gwen Stefani. – Isso porque ela nunca foi na Trash 80′s!!! ;-)

O grupo que interrompeu suas atividades em 2004, quando lançou a coletânea “Everything In Time”, voltou a se reunir quatro anos depois e entrega ainda em 2010 o novo álbum, finalmente! Foram nove anos depois do lançamento do último disco (“Rock Steady” – 2001).

Relelembre alguns artistas de “one-hit wonder” dos anos 80:

Estes e muitos outros hits “únicos” você pode conferir também na Rádio Trash, que tem uma estação exclusiva para esses artistas.

Um dos grandes galãs dos anos 80 completa hoje 61 anos! Don Johnson ficou conhecido mundialmente como Sonny Crockett no seriado Miami Vice, que foi ao ar nos EUA de 1984 até 1989, se espalhando por cinco temporadas.

don johnson

No Brasil, Miami Vice começou a ser exibido pelo SBT em 1986 até que em 1990 a Globo comprou os direitos da série e todos os seus episódios das cinco temporadas foram exibidos na íntegra. Depois disso, Miami Vice entrou e saiu da programação das TVs a cabo nacionais constantemente.

Além da série, Don fez vários filmes de grande sucesso, em sua maioria filmes de ação, e chegou até a tentar a carreira de cantor – ele gravou dois discos nos anos 80 e conseguiu um relativo sucesso com a faixa “Heartbeat”. Don está na ativa até hoje – e continua bonitão também. Parabéns pra ele!