Arquivo da tag: Myrian Rios

Nas novelas, na música, nos palcos ou no esporte, muitos personagens marcaram os anos 80. Nessas eleições de 2010, alguns resolveram voltar como candidatos a deputados estaduais, federais e ao senado. Eleitos ou não, veja as ideias de cada um para a política:

Eleitos

A atriz Myrian Rios, que estrelou como Gabriela em Ti Ti Ti (1985) e Ana Galhardo em Bambolê (1987), foi eleita como Deputada Estadual pelo Rio de Janeiro com mais de 20 mil votos. Em seu site, Myrian diz que está indignada com o atual quadro político e, por isso, resolveu enfrentar a luta na busca de dias melhores para o povo do Estado.

Também como candidato pelo Rio de Janeiro, o jornalista e jurado do Show de Calouros (SBT), Wagner Montes, garantiu mais de 500 mil votos para Deputado Estadual. Ele já tinha sido eleito em 2006, também como deputado.

Não foram eleitos

Quem não se divertiu com a Simony na Turma do Balão Mágico? Agora, a cantora tentou a vaga de Deputada Estadual em São Paulo, mas teve cerca de 7 mil votos e não conseguiu se eleger. Segundo declarações no twitter e em seu programa eleitoral, seu objetivo era lutar pelos direitos das mulheres e das crianças.

Como candidato ao Senado por São Paulo, o humorista Moacyr Franco fez um apelo à população em favor do meio ambiente. O candidato, que fez sucesso na TV no programa A Praça é Nossa, ficou em 6º lugar nessas eleições, que nomeou dois senadores.

O ex-pugilista Maguila, campeão sul-americano de pesos-pesados em 84, foi candidato a deputado federal em SP pelo PTN. Na TV, ele nocauteou um boneco de palhaço, bem parecido com o candidato Tiririca, e afirmou que a política é coisa séria. Maguila teve 2.951 votos e ficou em 372º lugar.

Myrian Rios em cena da novela "O Clone" (Rede Globo)

Lembra da Julia de “A Filha dos Trapalhões” (1984)? E da divertida Ana Galhardo de “Bambolê” (1987)? Ambas foram interpretadas pela ótima atriz Myrian Rios, que na década de 80, também brilhou nas novelas “Ti Ti Ti” (1985), “O Amor é Nosso” (1981) e Coração Alado (1980).

A belíssima Myrian Rios posou duas vezes para a revista “Ele & Ela”, da Bloch Editores, em 1978. Mas, estes ensaios causaram constrangimento no seu futuro marido, o cantor Roberto Carlos, com quem viveu por uma década, que comprou da editora todos os direitos sobre as fotografias, evitando que as fotos viessem a ser usadas novamente em qualquer publicação.

Infelizmente, sua última novela foi “O Clone” (2001). Em 2002, Myrian passou a fazer parte do quadro de funcionários da Fundação João Paulo II, mantenedora da comunidade católica Canção Nova cuja missão é evangelizar pelos meios de comunicação. Em 2006, a atriz lançou o livro “Eu, Myrian Rios”, publicado pela editora Canção Nova, onde conta toda a história de sua vida e conversão à Renovação Carismática Católica. Em 2008 lançou o CD “Orações a São Miguel Arcanjo”. Atualmente apresenta o programa “Porta a Porta” na TV Canção Nova.

Abaixo, nós revemos uma cena clássica de Myrian Rios (Xanda) com Bárbara Fazio (Silvana Karany) na novela “Coração Alado”