Arquivo da tag: grammy
Whitney: um tributo - 23/3

Whitney: um tributo - 23/3

A inesperada perda de uma das maiores divas da música pop de todos os tempos deixa muitos fãs atônitos até hoje. A Trash 80′s, festa que sempre tocou seus grandes sucessos, faz festa-tributo para Whitney Houston. A Trupe Trash elaborou belíssimas performances que serão apresentadas na noite que conta com um set especial, videografia nas telas e sorteio de DVDs.

23/3 – Sexta – Whitney: um tributo
Homenagem especial à diva
Performances com a Trupe Trash?
Sorteio de DVDs

Confirme sua presença no Eventos Trash 80's no Facebook

Serviço:

Trash 80′s Centro
Quando:
Sexta, 23/3/2012, a partir das 23h
Onde: Clube Caravaggio – Rua Álvaro de Carvalho, 40, Centro – São Paulo
Quanto: R$ 30. Com reserva ou flyer impresso do site, R$ 25 até às 3h
Com Cartão de Fidelidade Clube Caravaggio/Trash 80′s, R$ 20
Reservas: reservas pelo site www.trash80s.com.br até às 16h do dia da festa (ou da véspera, no caso das festas que acontecem aos sábados e nos feriados oficiais). Reservas sujeitas a disponibilidade.
DJs: Catatau e Wander Yukio.
Hosts: Paula Funny e Cristiano Carvalho
Informações: (11) 3262-4881 / (11) 9162-8588 ou clique aqui
Classificação etária: 18 anos
Ar-condicionado / Acesso para portadores de necessidades especiais / Proibido fumar.
Não possui estacionamento próprio
Aceita dinheiro e cartões Visa e Master (débito e crédito)

A cantora Sinead O’Connor, dona de um visual andrógino que chamou a atenção no final da década de 1980, foi fotografada ao sair de um cinema em Pasadena, nos Estados Unidos, na última semana.

Com sua careca e sua rebeldia, O’Connor era cultuada por seu estilo alternativo, bem diferente da Sinead de hoje. Aos 43 anos, hoje ela exibe seus cabelos nem tão compridos, uns quilinhos a mais e aparência de senhora.

Mesmo assim, mantém sua forte opinião contra a igreja católica e, recentemente, num artigo no Washington Post, Sinead atacou a carta do Papa sobre os atuais escândalos da igreja irlandesa. “A carta é um insulto não apenas a nossa inteligência, mas a nossa crença e ao nosso país”, afirma a cantora.

Pra relembrar seu auge na carreira de cantora, confira uma apresentação feita na premiação do Grammy em 1989.

mj-this-is-it

O eterno Rei do Pop receberá uma homenagem na cerimônia de entrega do Grammy 2010, no próximo dia 31.

O tributo póstumo deve exibir uma versão 3D do videoclipe de “Earth Song”, produzido para fazer parte da turnê “This Is It”, que marcaria o retorno de Michael Jackson aos palcos.

Usher, Celine Dion, Carrie Underwood, Jennifer Hudson e Smokey Robinson vão se apresentar juntamente com a exibição do clipe. De acordo com o coprodutor executivo Ken Ehrlich, esta será a primeira vez que uma premiação vai exibir uma produção em 3D.

Para que os telespectadores possam aproveitar essa experiência 3D em suas casas, a CBS em parceria com a Target providenciaram milhões de óculos 3D, desde o dia 24/1 até o dia 31/1 nas lojas da Target.

Confira o clipe de “Earth Song”.

MilliVanilli

A dupla que foi primeiro lugar na Billboard no final da década de 80 gerou polêmica na mídia quando os integrantes foram descobertos como meros dubladores. Além disso, deixaram o sucesso subir tanto á cabeça que um deles chegou a declarar ser melhor que Bob Dylan e Mick Jagger.

Tudo começou com a brilhante ideia de Frank Farian, que reuniu o rapper Charles Shaw, John Davis, Brad Howe e duas cantoras americanas e irmãs gêmeas Jodie e Linda Rocco. Apesar de reconhecer o talento do grupo, Farian considerou-o invendável. Com isso, resolveu chamar para tomar a frente do projeto a dupla de aspirantes a modelo, Fab Morvan e Rob Pilatus.

Hits como “All or Nothing”, “Girl You Know It’s True”, “Baby Don’t Forget My Number” e “Blame It On The Rain” emplacaram nas paradas e o Milli Vanilli chegou a receber o Grammy de Melhor Artista Estreante em 21 de fevereiro de 1990.

A mídia passou a desconfiar da dupla quando a fita cassete emperrou em uma de suas apresentações, em julho 1989. O show foi gravado pela MTV norte-americana, e na música “Girl You Know It’s True”, a frase “Girl You Know It’s…” se repetiu inúmeras vezes. O público pareceu nem perceber ou não ligar para o que estava acontecendo, mas o fato despertou a atenção e revolta da mídia.

Em 15 de novembro de 1990, devido à pressão e às dúvidas a respeito do grupo e a insistência de Morvan e Pilatus para que pudessem cantar de fato no próximo álbum, ameaçando revelar o esquema, Frank Farian admitiu que os dois não eram os verdadeiros intérpretes.

O Grammy da dupla foi cancelado, processos correram contra eles e a gravadora Arista Records retirou o álbum de seu catálogo.

Mesmo assim, Farian fez várias tentativas para se redimir e o Milli Vanilli não parou por aí. Teve um disco lançado em 1991, que já havia sido gravado no ano anterior, antes da descoberta da fraude.

Para salvar suas carreiras, após trágicos acontecimentos, em 1997 Farian concordou em produzir um novo álbum do Milli Vanilli com Fab Morvan e Rob Pilatus nos vocais e em 1998, “Back and in Attack” foi lançado, mas não teve uma boa repercussão.

Considerada a maior fraude da música no mundo todo, Milli Vanilli ainda embala muitas festas com seus hits da década de 80. Pra relembrar, confira os vídeos de alguns de seus maiores sucessos.

Você provavelmente já deve ter visto o vídeo original da música “Sweet Dreams”, maior sucesso da banda inglesa Eurythmics. Mas o que você ainda não deve conhecer é essa versão incrível deles ao vivo na premiação do Grammy Awards de 1984.

Neste vídeo, a sempre divina vocalista Annie Lennox aparece vestida de homem, com direito à um corte de cabelo a la Elvis Presley anos 70 – incluindo aí até mesmo costeletas gigantes. Só vendo pra crer.

Foi nessa mesma premiação do Grammy que Michael Jackson se consagrou como o Rei do Pop ganhando oito troféus pelo seu disco Thriller. Foi aí também que o Culture Club (do cantor Boy George) foi premiado como Melhor Artista Novo.