Arquivo da tag: eduardo pires

Há quanto tempo você frequenta a festa?
Esse tempo é relativo, porque a primeira vez faz quase sete anos, mas durante um tempo fui pelo menos uma vez por mês e agora estou há 2 anos indo direto, quase sem faltar…

Conte um pouco sobre como conheceu a Trash 80′s.
Eu conheci a Trash por intermédio de uma prima, que me levou pela primeira vez e encontrei Paula Funny, que conheço a séculos rsrs… Ela sempre me chamava para ir à festa. A partir daí foram idas e vindas, mês a mês, e agora vou praticamente todo final de semana…

Nesse tempo todo, qual foi a sua festa inesquecível?
A festa que mais adorei foi a festa de Halloween no Hotel (2008), pois estava muito bem montada e a estrutura muito bem planejada, decoração que estava um show, e sem contar que o site tinha a divulgação perfeita, quer dizer, adorei…

Cite as 5 coisas de que mais gosta na Trash.
As coisas que mais gosto na Trash são:
Em primeiro a equipe do staff, doors, produção e DJs, que a cada semana que passa vejo que todos se superam cada vez mais; em segundo, as maravilhosas pessoas que passam pela casa e sei que vão garantir para que a alegria na Trash 80′s nunca se acabe; em terceiro, as musicas são as melhores desde as infantis, bregas, internacionais até o funk; em quarto e não menos importantes, meus amigos que conheci lá, e muitos destes ainda se dedicam a fazer maravilhosas performaces e coreografias no palco; e em quinto, todos os frequentadores, que a cada semana fazem a festa junto a todos nós…

Todo mundo já pagou um “micão” na Trash 80′s. Qual foi o seu?
Meu maior mico foi no CarnaTrash, onde fui fantasiado de romano, mas meu saiote estava curto e numa das brincadeiras esse saiote resolveu subir e eu não tinha me dado conta, foi quando uma moça veio abaixar mas eu pensei que ela estava me passando a mão, enfim, acabamos dando muitas risadas com o acontecido…

Resuma a Trash 80′s em 1 palavra!
Maravilhosa…

Pra você, quais as músicas mais legais da Trash 80′s?

As minhas músicas preferidas são “O Amor e o Poder”, “Thunder Cats”, “He-man” e todas do Sidney Magal, mas a preferida é “Meu Sangue Ferve por Você”.