Arquivo da tag: divine

Chegou a hora de comemorarmos nossa Noite dos Librianos, e de librianos a música pop está cheia. Signo símbolo a justiça e equilíbrio, Libra também faz com que seus “filhos” sejam super criativos e amantes das artes, da beleza e da cultura. E na pista da Trash 80s, vários deles reinam absolutos!

Podemos começar com o saudoso cantor Wando, ídolo trasher de marca maior, e que completaria 68 anos no próximo dia 02 de outubro. Depois, podemos ir com o cabeludo David Lee Roth, que marcou o início dos anos 80 como vocalista do Van Halen e também em sua bem sucedida carreira solo. E, pra fechar, temos a genial drag Divine, musa do cinema trash mundial, que também arrasava nas pistas gays mais animadas do mundo.



Aqui na Trash 80s, nós somos apaixonados pela Divine. A saudosa drag queen que foi nos anos 70 rainha absoluta dos filmes trash do diretor John Waters e depois, nos anos 80, encheu as pistas mais animadas do planeta com seus hits super dançantes, vai ganhar agora uma edição atualizada de seus maiores hits, “Maid in England”, com direito a faixas bônus e tudo mais.

Lançado oficialmente em 1988, “Maid in England” reúne as melhores faixas gravadas por ela e vários remixes. O relançamento vem em hora bem oportuna, pois os cd’s e discos de Divine hoje em dia são bem difíceis de achar nas lojas. Mas agora todo mundo já vai poder dançar ao som de “Walk Like A Man”, “I’m So Beautiful” e “Native Love” em sua casa!

Todo mundo sabe que nós da Trash 80′s adoramos a Divine, né? A saudosa drag queen americana foi a atriz preferida do maior diretor trash de todos os tempos, o John Waters, e também lançou vários discos que fizeram um enorme sucesso nas pistas mais fervidas do mundo.

As músicas gravadas por Divine nos anos 80 seguiam sempre a mesma linha: uma base dance (estilo “hi-nrg”) e letras divertidas. Entre seus principais hits podemos destacar “Native Love”, “Shake It Up” e o hino “Walk Like a Man”. Mas também tivemos essa pérola chamada “I’m So Beautiful”, cujo vídeoclipe é um clássico!

Quem nunca viu um filme dirigido pelo genial John Waters, não sabe o que está perdendo! E aqui na Trash 80′s, o “Pai do Cinema Trash” sempre foi um verdadeiro ícone. São Paulo agora ganha de presente a chance de conferir vários destes filmes numa mostra especial da obra dele a partir desta sexta-feira lá no CineSesc. Serão ao todo doze filmes, desde os mais clássicos até os mais recentes.

A mostra “John Waters, o Papa do Trash” homenageia o controverso diretor durante sete dias, trazendo filmes como “Pink Flamingos”, “Problemas Femininos”, “Cry Baby”, “Hairspray”, “Mamãe É De Morte” e vários outros – muitos deles estrelados pelo ator transformista Divine, outro grande ícone super querido da Trash 80′s. Vale a pena conferir!!! O programa inteiro da mostra, bem como informações sobre ingressos e horários, podem ser encontrados no site http://mostrajohnwaters.com.br.

O Rei Absoluto do cinema trash faz aniversário hoje! John Waters, o lendário diretor de filmes como “Pink Flamingos” e “Mamãe É de Morte”, completa hoje 65 anos. E ele, é claro, já foi motivo de várias homenagens aqui na Trash 80′s. Sua influência é tão grande que até mesmo cineastas considerados “sérios” se inspiram constantemente nas absurdices criadas por Waters.

Seu primeiro filme, “Mondo Trasho”, foi lançado em 1969. Seu período mais criativo se deu entre 1972 e 1977 quando dirigiu além de “Pink Flamingos” outros grandes clássicos do cinema trash como “Female Trouble” e “Desperate Living”, todos estrelados pela dragqueen Divine.

Ele passou boa parte do início dos anos 80 sem produzir muito, mas em 1988 voltou em grande estilo com “Hairspray” – que repetiu o sucesso mais de uma década depois com sua refilmagem. Em 1990, ele também arrasou com outro filme, “Cry Baby”, e daí não parou mais. Seu último filme, “A Dirty Shame” (2004) é o máximo!