Arquivo da tag: Dinho Ouro Preto

Dinho Ouro preto é o líder e vocalista da banda brasileira Capital Inicial, uma das mais populares dos anos 80, fazendo parte do mesmo time de grandes bandas da época como Barão Vermelho, Titãs e tantas outras. Dinho também era um dos sex symbols preferidos das meninas e estava sempre em posteres e capas de revistas adolescentes. Hoje ele completa 46 anos. Parabéns, Dinho!!!

dinho

O Capital Inicial foi formado em Brasília em 1982 com o final da banda Aborto Elétrico, de onde também surgiu a banda Legião Urbana. O grupo existe até hoje e já passou por várias formações e estilos, mas o seu auge mesmo foi nos anos 80 com discos de enorme sucesso.

brasilia

A capital do nosso país completou 50 anos ontem (21/4) e comemorou com uma grande festa, com participação de diversos artistas.

Em homenagem à terra do rock, a gente relembra bandas que surgiram lá na década de 80 e que inspiram até hoje gerações de músicos em todo o país.

A banda Legião Urbana foi formada em 1982, após o término de sua banda antiga: o Aborto Elétrico, esta que acabou graças a um desentendimento com o baterista Fê Lemos.

Em suas composições, Renato Russo trouxe para a Legião influências de The Smiths, The Cure e Joy Division.

Uma característica forte do grupo era a crítica política, apontando as falhas do nosso governo nas letras e mobilizando os jovens fãs.

Confira “Que País é Este?”, de 1987:

O fim do Aborto Elétrico gerou outro grupo de sucesso: O Capital Inicial, formado por Fê e Flávio Lemos e o vocalista Dinho Ouro Preto. Com estilo mais pop, a banda alcançou grandes vendagens e conquistou o público com hits como “Independência”, “Fátima” e “Música Urbana”:

A Plebe Rude surgiu na mesma época, integrada por Philippe Seabra, Gutje, André X e Jander Bilaphra. Também fazia críticas sociais e políticas, refletindo a cultura punk da época, trazendo também algumas influências de new wave. “Até Quando Esperar”, de 1985, é o maior sucesso da Plebe:

Não é à toa que Brasília é conhecida até hoje como a capital do rock.

Parabéns, Brasília!