Arquivo da tag: dia da toalha

1) “O Guia do Mochileiro das Galáxias” está presente em todos os típos de mídia – foi escrito originalmente para o rádio, depois virou livro, filmes, quadrinhos, série de TV, além de ser lançado em LP e CD.

2) Douglas Adams escreveu o livro de forma contínua e sem idéia de como seria o final. A história foi se desenvolvendo conforme foi escrita.

3) O autor detestou o planetinha verde e risonho que aparece na capa de várias edições americanas do livro e pediu que o mesmo fosse retirado – apesar de ele ser um grande sucesso entre os fãs.

4) Douglas também fez mudanças na história cada vez que ela foi adaptada para um veículo diferente, incluindo novas cenas ou removendo algumas outras.

5) O sucesso de “O Guia do Mochileiro das Galáxias” foi tão inesperado que, nas fotos do lançamento do primeiro livro, Adams aparece com cara de chocado em vários momentos – pois não esperava a grande quantidade de fãs que queriam seu autógrafo.

6) O Dia da Toalha é comemorado em sua homenagem por causa de uma passagem do livro que diz que “a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar.”

7) O número 42 é especial e tem vários significados na história.

8) O primeiro “Dia da Toalha” aconteceu em 25 de maio de 2001.

9) “O Guia do Mochileiro das Galáxias” foi traduzido para mais de 30 línguas diferentes.

10) Muitas vezes, devido ao seu nome comprido e difícil de escrever em inglês (“The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy”), os fãs utilizam a sigla “H2G2″ para falar sobre ele.

Pra quem não sabe, “O Dia da Toalha” é celebrado no dia 25 de maio como uma homenagem dos fãs ao autor da série “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, Douglas Adams, o maior nerd de todos os tempos. A data também celebra o lançamento do primeiro filme da saga “Guerra nas Estrelas” em 1977.

Planejada há anos, somente em 2013 a Trash 80′s tira do papel a noite que homenageia o orgulho nerd numa reunião de blogueiros e aficionados por tecnologia, games e ficção científica organizada pelo trasher e geek Leandro Sarubbi, que também assume os picapes como DJ convidado.

No lounge da festa, videogames estarão disponíveis pra quem quiser passar a noite jogando. O público pode intergarir usando a hashtag #twittertrash.

24/5 – Sexta – Noite do Orgulho Nerd – Dia da Toalha
DJ convidado: Leandro Sarubbi
A festa mais nerd da galáxia
Games no lounge
Use a hashtag #twittertrash para interagir

Confirme sua presença e convide seu amigos do Eventos Trash 80's no Facebook

Trash 80′s
Quando:
Sexta, 24/5, a partir das 23h
Onde: Clube Caravaggio – Rua Álvaro de Carvalho, 40, Centro – São Paulo
Quanto: R$ 35. Com reserva ou flyer impresso do site, R$ 30 até às 3h
Com Cartão de Fidelidade Clube Caravaggio/Trash 80′s, R$ 20
Reservas: reservas pelo site www.trash80s.com.br até às 16h do dia da festa (ou da véspera, no caso das festas que acontecem aos sábados e nos feriados oficiais). Reservas sujeitas a disponibilidade.
DJs: Tonyy e Wander Yukio
Hosts: Paula Funny e Cristiano Pereira
Informações: (11) 3262-4881 / (11) 99162-8588 ou clique aqui.
Classificação etária: 18 anos
Ar-condicionado / Acesso para portadores de necessidades especiais / Proibido fumar
Não possui estacionamento próprio
Aceita dinheiro e cartões Visa e Master (débito e crédito)

O dia 25 de maio é conhecido mundialmente como o “Dia da Toalha”, uma homenagem ao escritor Douglas Adams e sua série de livros “O Guia do Mochileiro das Galáxias” – originalmente um programa de rádio de 1978, e que posteriormente foi adaptado em quatro livros (que na verdade, são cinco), uma série de TV de 6 episódios e o filme de 2005. Em uma homenagem ao livro, fãs celebram o Dia da Toalha carregando uma durante o dia inteiro onde quer que vão – no livro, Adams escreve que “Tudo o que você precisará quando o universo acabar é de uma toalha”.

E pra completar o orgulho nerd, justamente hoje é o aniversário de 35 anos do primeiro filme da série Star Wars, um dos maiores clássicos da ficção-científica (e da cultura pop mundial) em toda a história. Lançado simplesmente como “Guerra Nas Estrelas”, o primeiro filme é na realidade o quarto na ordem cronológica da trama – o subtítulo “Episódio IV: Uma Nova Esperança” não constava originalmente, sendo que o diretor George Lucas nem acreditava que continuaria a história, e só o acrescentou em 1981.