Arquivo da tag: Betinho


Agora não precisa esperar o Carnaval pra se jogar na pista. A XEPA é uma festa mensal, feita pra quem curte as noites quentes do verão e quer dançar como se estivesse em Salvador. A edição de outubro conta com a participação de Betinho, mítico apresentador do Axé Band da Band FM, considerado por muitos o responsável pelo sucesso da música baiana nos anos 1990. Ele comanda a cabine com sucessos que todo mundo sabe a coreografia de cor. Ouro ícone, Rogério Costa do grupo Filhos do Sol, comanda aula de lambaeróbica na pista. E não esqueça: se tem XEPA, tem É o Tchan na pista.

17/10 – Xepa com Betinho (Axé Band)
Pra se jogar na coreôs
Pagodinhos 90 pra esquentar a pista
Clima de carnaval fora de época
Se tem XEPA, tem É o Tchan
DJ convidado: Betinho (Axé Band)
Lambaeróbica com Rogério Costa (Filhos do Sol)
VIP até meia-noite com qualquer abadá

Comemore o seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro

Comemore seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro

Comemore seu aniversário ou faça a sua despedida de solteiro nessa festa. Preencha o formulário no final da página de aniversário, que a gente te liga.

Confirme sua presença e convide seus amigos do Eventos Trash 80's no Facebook

XEPA
Quando: Sexta, 17/10, a partir das 23h
Onde: Clube Caravaggio – Rua Álvaro de Carvalho, 40, Centro – São Paulo – Próximo ao metrô Anhangabaú
Quanto: R$ 35 entrada ou R$ 80 consumo sem reserva.
Com reserva ou flyer impresso do site, R$ 30 entrada ou R$ 70 consumo até às 3h.
Com Cartão de Fidelidade Clube Caravaggio/Trash 80′s, R$ 25 entrada ou R$ 60 consumo.
Lista de aniversariantes sábado: Convidados de aniversariantes pagam R$ 25 entrada ou R$ 60 consumo até 3h.
VIP com qualquer abadá até 0h.
Reservas: reservas pelo site www.trash80s.com.br. Reservas sujeitas a disponibilidade.
DJs: Pol Eugênio e Eneas Neto
Host: Cristiano Pereira
Informações: (11) 3262-4881 / (11) 99162-8588 ou clique aqui.
Classificação etária: 18 anos
Ar-condicionado / Acesso para portadores de necessidades especiais / Proibido fumar
Não possui estacionamento próprio
Aceita dinheiro e cartões Visa e Master (débito e crédito)

A década de 1980 foi marcada por uma triste realidade: A disseminação da “maldita”, como era chamada AIDS, pelo Brasil.

Primeiramente conhecida popularmente como a “praga gay”, a doença só virou uma preocupação para os heterossexuais quando o jogador de basquete norte-americano Magic Johnson (maior ídolos das quadras nos anos oitenta) anunciou que era portador do vírus HIV.

Dentro deste contexto, diversas celebridades brasileiras foram vítimas da doença. Alguns contaminados por relações sexuais (heterossexuais ou homossexuais), outros por transfusões de sangue, e alguns por compartilharem seringas na utilização de drogas injetáveis.

Hoje, dia mundial de combate a AIDS, nós lembramos de alguns grandes ícones soropositivos, que nos deixaram “cedo demais”, como brilhantemente fala a música “Os bons morrem jovens”, de Renato Russo.

Henrique de Sousa Filho, o cartunista Henfil (1988)

Cazuza, cantor (1990)

Conrado Segreto (estilista, 1992)

Herbert Daniel, jornalista fundador do grupo “Pela Vidda” (1992)

Leonilson, artista plástico (1993)

Carlos Augusto Strazzer, ator (1993)

Caíque Ferreira, ator (1994)

Cláudia Magno, atriz (1994)

David Neves, cineasta (1994)

Skunk, cantor rapper do grupo “Planet Hemp” (1995)

Rubens Correa, ator (1996)

Renato Russo, cantor (1996)

Caio Fernando Abreu, escritor (1996)

Herbert José de Sousa, o sociólogo Betinho (1997)

Thales Pan Chacon, ator (1997)

Sandra Bréa, atriz (2000)

Lauro Corona, ator (1989)