Arquivo da tag: andy warhol

Todo mundo sabe que a arte de rua, especialmente o graffiti, foram ícones fundamentais dos anos 80, né? Taí a fama e o legado do lendário americano Keith Haring que não nos deixa mentir. Pois o Brasil também se destacou muito neste período e produziu um artista que tem tudo a ver com a Trash 80′s: o Alex Vallauri, criador da “Rainha do Frango Assado”.

Alex era influenciado pela cultura “brega & chic” e enchia seus graffitis com muitos elementos kitsch e da cultura pop. Entre os ícones ilustrados por ele estavam Madonna e Freddie Mercury. Já a personagem “Rainha do Frango Assado” foi criada para uma instalação em 1985 dentro da Bienal de Artes de SP, que era a sala de estar cheia de móveis e eletrodomésticos com estampa de oncinha e a imagem da sua dona e seu vestido estampado com coxinhas de frango.

O Museu de Arte Moderna (MAM) abre hoje em São Paulo uma retrospectiva imperdível da obra do artista (morto em 1987) que traduz o olhar ácido que lançou sobre a vida na década de 80. Não dá pra perder.

MAM (pq. Ibirapuera, portão 3; tel. 0/xx/11/5085-1300)
De ter. a dom., 10h às 17h30; até 23/6
Ingresso: R$ 6

O que dizer de um videoclipe que traz juntos três grandes ícones da cultura pop mundial? O video da música “I’m Not Perfect”, da diva Grace Jones, trouxe além dela a presença mais que ilustre de dois dos maiores nomes das artes visuais em todos os tempos – Andy Warhol (o pai da pop art) e Keith Haring, um de seus principais discípulos. E por incrível coincidência do destino, estamos também nestes dias lembrando a obra destes dois artistas – que morreram em datas bem próximas, porém em anos diferentes.

Keith Haring e Andy Warhol

Keith faleceu no dia 16 de fevereiro de 1990, e ganhou um post especial em sua homenagem aqui no blog. Andy, por sua vez, faleceu neste 22 de fevereiro, só que em 1987 – e merece todas as homenagens possíveis. Muito mais do que ter criado o lendário retrato de Marilyn Monroe (que todo mundo conhece), Andy nos anos 60 foi o principal artista que fez com que a arte pop se tornasse o que é hoje. Acredite: se Andy Warhol não tivesse existido, nem Madonna, nem Lady Gaga, nem mesmo a Trash 80′s teriam acontecido. Tanto Andy quanto Haring tinham Grace Jones como diva, e ela serviu de inspiração para vários trabalhos deles. Vale muito a pena conhecer mais a fundo o trabalho deste artistas tão fundamentais para a nossa cultura pop!