Arquivo da tag: a garota de rosa shocking

“A Garota de Rosa Shocking” é famoso por sua trilha sonora repleta de faixas incríveis. “If You Leave”, do OMD, é uma destas: escrita especialmente para o filme e servindo de fundo para o personagem Duckie, a faixa é uma das mais legais criadas pela cultuada banda Orchestral Manoeuvres in the Dark , que sempre inovou com sua mistura de rock new wave, batidas eletrônicas e sintetizadores, e a voz do cantor Andy McCluskey.

A banda foi formada em 1978 por Andy e Paul Humphreys, e funcionou como um quarteto até os dias de hoje. Entre os maiores hits deles estão as faixas “Electricity”, “Messages”, “Enola Gay” e “Pandora’s Box”. “If You Leave” tem dois videoclipes: um com a banda em si, e outro feito com imagens de Duckie no filme, feito por fãs, mas que acabou ficando mais famoso que o vídeo original. Ela foi a faixa de maior sucesso deles nos Estados Unidos, chegando ao quarto posto da parada da Billboard.

Um dos pontos altos do filme “A Garota de Rosa Shocking” é a performance do ator Jon Cryer, que faz do personagem Duckie, um sujeito atrapalhado que é totalmente apaixonado por Andie (Molly Ringwald), que só o vê como seu melhor amigo. É impossível assistir ao filme e não ficar do lado dele! Depois de “A Garota de Rosa Shocking”, Jon foi cotado como um dos queridinhos de Hollywood daquela época, mas acabou tendo pouco destaque nos filmes que fez em seguida. Demorou um tempinho até ele voltar a fazer sucesso, mas daí também quando isso aconteceu, foi pra valer.

A verdade é que pouca gente acaba ligando os pontos e nem percebe que Jon Cryer é o ator que a maioria de nós conhecemos hoje em dia como um dos protagonistas de super bem sucedida série de TV “Two And A Half Man”, que aqui no Brasil passa há vários anos no canal Warner Channel. Jon faz o papel do irmão fracassado de Charlie Sheen, que passa diversos apuros com sua falta de sorte, seu emprego, sua ex-mulher e seu filho adolescente. “Two And A Half Man” se tornou uma das comédias de maior sucesso da TV americana nos últimos anos e, mesmo com a polêmica saída de Charlie Sheen do elenco, John continua firme e forte arrancando risos de todos, e como um dos mais bem pagos comediantes dos EUA.


Lançado em 1986, o filme “A Garota de Rosa Shocking” é um verdadeiro ícone daquela década e verdadeiro tesouro da cultura pop mundial. Tanto é que, nesta sexta-feira, a Trash 80′s faz uma homenagem a ele com a festa “Noite da Garota Rosa Shocking”, com direito a um tributo à sua protagonista, a atriz Molly Ringwald.

“A Garota de Rosa Shocking” acabou sendo o seu maior sucesso, mas Molly também participou de vários outros filmes clássicos do período como “Gatinhas & Gatões”, de 1984, e “Clube dos Cinco”, de 1985. Infelizmente, no final da década de 80 sua carreira não foi lá muito bem, e foi marcada por participações em filmes pouco expressivos e algumas más decisões e escolhas da própria atriz.

Em 1989, ela recusou o papel principal no filme ” When Harry Met Sally…” ao lado de Billy Cristal, que acabou fazendo um enorme sucesso e revelando a atriz Meg Ryan. Outra péssima escolha de Molly foi não ter aceitado o papel principal no filme “Uma Linda Mulher”, que fez com que Julia Roberts se tornasse um ícone do cinema nos anos 90. Mas mesmo assim, ela continuou trabalhando duro, e atualmente ela faz um papel numa popular série de TV americana chamada “The Secret Life of the American Teenager”, onde ela atua desde 2008. Em 2010, ela publicou um livro contando sua história e a vida dentro do cinema americano.

Noite da Garota de Rosa Shocking - 20/4

Noite da Garota de Rosa Shocking - 20/4

Três filmes de sucesso entre adolescentes da década de 1980, “Gatinhas & Gatões”, A Garota de Rosa Shocking” e “Clube dos Cinco definiram a carreira da americana Moly Ringwald. São comédias românticas que até hoje emocionam milhares de pessoas com uma estética moderna para aquela época e a liberdade que todo jovem de então almejava.

A Trash 80’s presta tributo e faz uma retrospectiva dos melhores momentos dela no cinema. Pra deixar tudo mais legal, quem vier de rosa ou pink ganha desconto na entrada.


20/4 – Sexta – Noite da Garota de Rosa Shocking

Tributo a Molly Ringwald
Filmografia nas telas
Venha de rosa ou pink e pague R$20,00 de entrada ou R$50,00 de consumação

Confirme sua presença no Eventos Trash 80's no Facebook

Trash 80′s Centro
Quando: Sexta, 20/4, a partir das 23h
Onde: Clube Caravaggio – Rua Álvaro de Carvalho, 40, Centro – São Paulo
Quanto: R$ 30. Com reserva ou flyer impresso do site, R$ 25 até às 3h
Com Cartão de Fidelidade Clube Caravaggio/Trash 80′s, R$ 20
Reservas: reservas pelo site www.trash80s.com.br até às 16h do dia da festa (ou da véspera, no caso das festas que acontecem aos sábados e nos feriados oficiais). Reservas sujeitas a disponibilidade.
DJs: Catatau e Wander Yukio
Hosts: Paula Funny e Allan Bless
Informações: (11) 3262-4881 / (11) 9162-8588 ou clique aqui
Classificação etária: 18 anos
Ar-condicionado / Acesso para portadores de necessidades especiais / Proibido fumar.
Não possui estacionamento próprio
Aceita dinheiro e cartões Visa e Master (débito e crédito)

O aniversariante do dia é o ator James Spader, que nos anos 80 era um daqueles que arrebentavam os corações das adolescentes como um dos maiores sex-symbols da década. James completa hoje seus 51 anos, e se engana quem acha que ele ficou parado no tempo: além de ter seguido uma excelente carreira (ganhando inclusive vários prêmios importantes), James está no ar até hoje, participando das famosas séries de TV “The Practice” (2003–2004) e “Boston Legal” (2004–2008), e também de vários filmes e peças de teatro.

James nos anos 80 e hoje em dia

Nos anos 80, James ficou famoso por interpretar garotos riquinhos e yuppies sedutores, em filmes como “Amor Sem Fim” (1981) e “A Garota de Rosa-Shocking” (1986), e também tipos mais “rebeldes”, como em “Tuff Turf” (1985) e “Manequim” (1987). Mas foi só em 1989 que ele passou a ser encarado como um ator sério, ao participar do filme “Sexo, Mentiras e Videotape” – que lhe valeu o prêmio de Melhor Ator no prestigiado Festival de Cinema de Cannes.