A festa junina da Trash 80s há muito tempo é uma grande tradição – igual ao CarnaTrash, o Halloween Trash, o Miss Trash e por aí vai. Afinal de contas, não é a toa que nós somos a festa mais divertida da cidade há doze anos! E o arraial da Trash é sempre diferente, com muito absurdismo, respeito e diversão em primeiro lugar.

Em 2009, nós tivemos uma brincadeira da “noiva” e o pau-de-sebo em pleno palquinho. Um ano antes, o arraial da saudosa Trash 80s da Vila Olímpia provou que os trashers da VO também sabiam pular fogueira! E em 2010 a gente fez a “Festa Junina Friendly”, aproveitando a proximidade com a Semana do Orgulho GLBT.



Nesta sexta-feira a Trash 80s incorpora a “Xepa” e traz pra sua pista – além dos hits de sempre da festa – uma boa dose de Molejo e É o Tchan pro povo dançar. E se tem uma coisa que a maioria dos trashers gostam é de pagode dos anos 90, sempre super divertidos e festivos. É pra arrasar na coreografia e brilhar muito na pista!

Um dos grandes hits da época é “Caçamba” do grupo Molejo, seguido por “Marrom Bombom” do grupo Os Morenos e, pra fechar nossa seleção, a inesquecível “Barata” do Só Pra Contrariar. Então aumenta o som aí, afasta as cadeiras e já vai se preprando pra sexta-feira!


Kylie só veio para o Brasil uma única vez – apesar dos constantes pedidos dos fãs por mais turnês por aqui. A turnê de divulgação do disco “X” chegou por aqui em 2008, e ela fez um show no Credicard Hall super lotado. Por várias vezes Kylie se mostrou bastante emocionada com a calorosa recepção do público brasileiro!

O show veio para cá em versão editada para conseguir caber dentro do Credicard. Mesmo assim, os bailarinos deram um belo show e o telão de ultra-definição deixou todo mundo comentando durante dias! O repertório trazia músicas novas (da época, como “Two Hearts” e “In My Arms”, mas também os grandes clássicos da cantora.



O sucesso do primeiro filme sobre “Chucky, o Brinquedo Assassino” fez com que ele se tornasse uma série com quatro filmes – e duas revistas em quadrinhos. O primeiro foi lançado em 1988, e deixou todo mundo de cabelo em pé e com o passar dos anos um verdadeiro “culto” surgiu em cima dele.

“Brinquedo Assassino 2″ foi lançado dois anos mais tarde, e o boneco malucão já era um verdadeiro superstar. Em 1998, ela ganhou uma companheira – Tiffany – que era tão violenta e assustadora quanto ele. O filme é baseado em um clássico da universal ” A Noiva de Frankenstein ” de 1935 tanto que numa cena do filme é mostrado Tiffany assistindo esse filme, e “A Noiva De Chucky” também é da Universal.


Não há como negar que assistir um filme de terror junto com seu amorzinho embaixo de umas cobertas é super divertido. Ainda mais quando o filme usa exatamente esta proposta como tema principal. Muitos filmes de terror dos anos 80 e 90 tiveram vários casaizinhos sendo vítimas de assassinos em série e demais malucões, ou apenas vivendo histórias cheias de suspense e mistério.

Podemos começar com o mega-clássico “Fome de Viver”, estrelado pelo incrível trio David Bowie, Susan Sarandon e Catherine DeNeuve. Outro grande exemplo é “Entrevista Com o Vampiro”, vivido por Tom Cruise e baseado no romance de Anne Rice. E pra fechar nossa seleção, ficamos com “O Lobisomem Americano em Paris” – esse pra garantir ótimas risadas.


Trash na rede Connect Connect Connect Connect Connect Connect Connect Connect Connect
publicidade