Um dos filmes de maior sucesso comercial do lendário diretor John Waters foi “Mamãe É De Morte”. John, que é conhecido mundialmente como o Rei do Cinema Trash e responsável por clássicos imbatíveis do gênero como “Pink Flamingos”, lançou esse filme em 1994, menos trash – mas não menos “pervertido” (no bom sentido da palavra) – que os seus anteriores.

“Mamãe É De Morte” é estrelado pela atriz Kathleen Turner, que faz uma mãe super carinhosa e protetora – tão protetora que mata todos aqueles que se atrevem a cruzar seus caminhos e prejudicar sua família. O que parece mais um roteiro de filme de terror, é na realidade uma comédia non-sense e super absurda, que se tornou um enorme cult com o passar do tempo.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Um comentário
  1. John waters, sem querer te ofender mas você para escrever filmes é pessimo. Para uma pessoa que cometeu crimes horrorosos como é o caso da personagem de kathleen turner deveria haver uma punição nem que essa punição fosse de uns 30 anos de prisão. Porque essa psicopata foi absolvida no final? É senhor john waters você está precisando tomar umas aulas.

    dialog

Comente