“Nega do cabelo duro / Que não gosta de pentear / Quando passa na baixa do tubo /
O negão começa a gritar”… Lançada em 1985, essa canção ficou na boca do povo durante muito, muito tempo. E muita gente até hoje acha que ela se chama “Nega Do Cabelo Duro”, mas na realidade ela se chama “Fricote”, e fez parte do disco “Magia”, lançado por Luís Caldas naquele mesmo ano. Ela é considerada uma das precursoras da cena axé music que se desenvolveria e teria seu auge na década seguinte.

Hoje em dia, muita gente acredita que a letra da música seja um pouco racista, o que já causou muita polêmica. No ano passado, Luis Caldas teve seu cachê cortado em 30% por ter tocado-a música num evento em Camaçari – o que ele considerou um ato de censura. “A música tem mais de 25 anos e inicia o axé music na Bahia. Em nenhum momento afirmaram que ele não deveria cantar a música. Foi o povo que pediu, porque é uma música que todo mundo gosta. É uma canção lúdica, e não chula. E isso não é diferenciado por ignorância”, ele declarou através de seu porta-voz na época.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente