A notícia super triste deste final de semana, é claro, foi a morte da cantora e diva Whitney Houston. Encontrada em um quarto de hotel na noite deste último sábado pelo seu segurança, a cantora tinha apenas 48 anos – muitos destes dedicados à música – e a causa oficial da morte ainda não foi divulgada (apesar da hipótese mais provável seja a de ela ter caído num sono profundo enquanto tomava um banho de banheira após ter ingerido remédios e álcool). Vamos relembrar alguns dos grandes moomentos de sua carreira?

Grande clássico das pistas dos anos 80, “I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me)” foi o primeiro single do segundo disco da cantora, chamado simplesmente Whitney, e um de seus maiores hits, vendendo milhões de cópias e colocando-a no topo das principais paradas do mundo inteiro.

Outro grande sucesso foi “It’s Not Right But It’s Okay”, que fez muito barulho nas pistas tanto em sua versão original quanto em seu remix tribal que foi uma das músicas mais tocadas nas pistas gays em todo mundo no ano de 1999. A letra era uma espécie de “I Will Survive” renovada, cheia de mensagens positivas para as mulheres.

Mas é claro que todo mundo só pensa é em “I Will Always Love You”, gravada originalmente em 1974 pela cantora Dolly Parton mas que ficou famosa mesmo na versão que Whitney cantou no filme “O Guarda-Costas” em 1992, também estrelado por ela e por Kevin Costner. É impossível ouvir a canção e não dizer que Whitney foi uma das maiores cantoras de todos os tempos.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente