Clássico absoluto dos anos 80, a comédia romântica “Três Solteirões E Um Bebê” (1987) foi também protagonista de uma das maiores lendas urbanas daquela década. Mas a gente já chega lá. Dirigido pelo ator Leonardo Nimoy (o famoso Dr. Spock da série Star Trek), o filme era estrelado por três dos atores mais bonitões da época: Tom Selleck, Ted Danson e Steve Guttenberg.

A história era meio absurdinha: os três solteirões moravam juntos num apartamento e curtiam a vida ao máximo – até que, um dia, eles abrissem a porta de casa e encontrassem um embrulho, que nada mais era do que um bebê. Ao que tudo indica, o bebê era de Jack (Ted Danson), e tinha sido deixado lá pela própria mãe dele. A partir daí, os três têem suas vidas viradas de cabeça pra baixo, tudo para tentar criar o bebê da melhor forma possível. O filme foi um grande sucesso de público, permanecendo um favorito de muita gente até hoje e queridinho da Sessão da Tarde.

Ah, e tem a tal polêmica que a gente falou antes. Tudo aconteceu por que, em uma determinada cena, um “vulto” na forma de um menino aparece escondido atrás de uma cortina no apartamento dos solteirões. Durante muito tempo várias teorias foram criadas a respeito dele: a maioria diz que se trata de um fantasma do filho morto de alguém da produção. Outros dizem que é um cartaz de papelão que alguém da contra-regra esqueceu por lá e só foram perceber depois que o filme já tinha sido lançado. De qualquer forma, a história do fantasma foi a que mais fez sucesso e é explorada de maneira sensacionalista até hoje e foi matéria de diversos programas de TV. Seja o que for, “Três Solteirões E Um Bebê” vale a pena ser visto de novo.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
2 comentários
  1. Ola, eu analisei esse video seus e vcs fizeram uma montagem ai , pois aquele poster do ator do filme ele esta de blazer e cartola, e o “garotinho” esta de camisa branca e causa preta, e a altura do poster do ator nao coincide com a altura do “garotinho”
    entao continuamos sem saber se e real o nao hehe =p

    dialog
  2. Aos 0:41 segundos do vídeo dá pra ver que é uma cartola na cabeça do “fantasma”. Não foi montagem.

    dialog

Comente