A novela “A Usurpadora” foi provavelmente a última da “Era de Ouro” dos dramalhões mexicanos e suas vilãs malvadas. Estreando no ano de 1998 mas exibida no Brasil pelo SBT um ano mais tarde, a novela trouxe ao mundo a inesquecível Paola Bracho, vivida pela atriz Gabriela Spanic. Na realidade, Gabriela interpretava um papel duplo – Paola e sua irmã gêmea (mas com personalidade completamente distinta) Paulina.

Se por um lado Paulina era toda tímida, religiosa, virgem, que sonhava em se casar na igreja e dar uma vida melhor para a mãe, Paola era a própria imagem do cão! Ambiciosa, fria e calculista, Paola Bracho rapidamente entrou no time das maiores vilãs das novelas em todos os tempos, com façanhas dignas de deixar suas outras concorrentes de cabelos em pé!

Um coisa que pouca gente sabe é que a atriz Gabriela Spanic tem uma irmã gêmea na vida real (que trabalha como modelo), e ela foi chamada várias vezes para ajudar como “dublê” na novela, principalmente nas cenas em que as duas irmãs brigavam com muitos tapas, puxões de cabelo e pontapés. No Brasil, “A Usurpadora” atingiu grandes níveis de audiência, sendo transmitida no horário nobre, e dando muita dor de cabeça para os outros canais.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
2 comentários
  1. Vilã de primeira, atuação perfeita. Conseguiu representar com louvor duas irmãs gêmeas e saber representar personalidades TOTALMENTE destintas a ponto de REALMENTE parecerem duas pessoas diferentes.

    dialog
    Joana Karina Barbosa Leopoldo comentou em 10 de fevereiro de 2012 às 20:58 Responder
  2. Gostei muito dessa novela e continue gostando dela é uma novela otima tá de Parabens

    dialog
    Maria Eduarda de Fátima meira comentou em 9 de janeiro de 2013 às 16:54 Responder

Comente