Não adiante tentar fugir – trasher que é trasher de verdade tem que pagar mico no palquinho. As nossas performances sempre foram marca registrada da festa, e acontecem desde o seu primeiro ano. E olha que, se aquele palco do Caravaggio falasse, ele iria contar umas histórias que ninguém acreditaria!

E em 2005, foi a vez da trasher “da primeira geração” Larinha arrasar numa performance ao lado dos DJs e donos da festa Eneas Neto e Tonyy ao som da música “É Tão Lindo”, gravada por Roberto Carlos e Simony. Nem precisa dizer que este encontro foi absolutamente histórico, né?

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Um comentário
  1. Impossível esquecer. Foi o meu “retorno” depois de um tempo longe de casa por conta de uma cirurgia chata. Lembro da pista inteira com anteninhas e cantando junto. Choro toda vez que vejo. Dia feliz, feliz feliz, daqueles que a gente leva pra sempre no coração, como muitos e muitos outros, todos nu Tréxi! É saudade que não acaba mais…

    dialog

Comente