O cantor Phil Collins anunciou na última semana que está se retirando da vida artística. A aposentadoria do músico, já na faixa dos 60 anos de idade, foi motivada especialmente por motivos de saúde – ele sofre de fortes dores nas costas graças à uma vértebra deslocada e também perda parcial da audição.

E apesar de ter sido um dos nomes de maior sucesso da música pop em todos os tempos, Phil deu declarações um tanto quanto estranhas ao anunciar sua aposentadoria, dizendo que “Eu realmente não pertenço a esse mundo e acho que ninguém vai sentir minha falta”. E outro momento, chegou a afirmar que “Eu sinto muito por ter tido tanto sucesso. Honestamente, eu não queria que acontecesse assim. É surpreendente que as pessoas tenham começado a me odiar”. Exagero ou não, Collins vai continuar por muito tempo tendo suas baladas românticas tocadas em rádios ao redor do mundo.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Um comentário
  1. Eu entendo o que ele diz, eu sempre achei uma das vozes mais irritantes da música e jamais entendi como haviam pessoas que aguentavam escutar suas músicas!

    dialog

Comente