Na semana que a SuperTrash promove uma divertida batalha musical entre Britney Spears e Katy Perry, no Vegas, a loira fica mais velha. Ou melhor, menos jovem…

A estrela norte-americana nasceu em 2 de dezembro de 1981 e passou parte da pré-adolescência sobre os holofotes da TV como integrante do Clube do Mickey. No final da década de 1990, lançou seu primeiro álbum que foi sucesso imediato graças a hits como “…Baby One More Time” e “(You Drive Me) Crazy”.

O segundo álbum não demorou nem dois anos para ser lançado e se tornou um dos discos mais vendidos daquela década. “Oops!… I Did It Again” e “Stronger” colocaram o registro no topo e detonou um tour mundial que passou pelo Brasil, no Rock in Rio, em 2001.

Tentando uma imagem mais sensual e menos infantil, ousou com “I’m a Slave 4 U” e “Toxic” mas as vendas de seus álbuns começaram a refletir em sua vida pessoal. Com turbulências como casamentos repentinos, filhos, bebedeira, divórcio, clínica de reabilitação, Britney passou boa parte da primeira década de 2000 tentando se reerguer.

Apesar de novos hits, entre eles “Gimme More”, “Womanizer” e “3″, a cantora ainda não conseguiu reverter totalmente a carreira e passou a enfrentar concorrência direta de uma nova geração de garotas talentosas e ousada como Rihanna, Pink, Ke$ha e, claro, Katy Perry.

Não dá pra negar o legado da princesinha do Pop. Vale lembrar que ela tem apenas 29 anos e que ainda tem muita história pra contar.

E não perca:

> Faça sua reserva

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente