Se nos Estados Unidos a “Rainha das Discotecas” dos anos 70 foi a cantora Donna Summer, no Brasil este posto foi ocupado pela diva black Lady Zu. Quem viveu aquela época (1977-1979) com certeza deve ter dançado muito ao som de clássicos como “A Noite Vai Chegar” – que vendeu mais de um milhão de cópias no país.

Lady Zu em 1978

Lady Zu começou sua carreira em 77 lançando justamente “A Noite Vai Chegar” na trilha sonora da novela “Sem Lenço, Sem Documento”. Seu primeiro álbum surgiu no momento exato em que a disco-music começava a ferver por aqui, tendo sua explosão um ano mais tarde com a novela Dancing Days. Quem a apelidou de “Donna Summer brasileira” foi o apresentador Chacrinha, graças não só à voz de Lady Zu como também ao seu visual bastante glamuroso. Outros de seus sucessos foram “Hora de União (Samba Soul)”, “Disco Dance” e “Dança Louca”.

Lady Zu hoje em dia

Com o final da década de 70 e a queda da popularidade da disco-music, o sucesso de Lady Zu também foi desaparecendo aos poucos e ela ficou durante por duas décadas sem qualquer grande destaque na mídia. A retomada aconteceu só em 2001, quando um revival da disco-music surgiu na noite de São Paulo, dando às suas divas como Gretchen e Lady Zu a chance de voltarem a se apresentar em lugares mais “cult”. Hoje em dia ela continua gravando (mais direcionada à MPB) e fazendo shows, e o site oficial dela é http://www.ladyzu.net/.


Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Um comentário
  1. Adorei o post! Parabéns pelo blog!

    dialog

Comente