GuilhermeEzaki_trasher-da-semana

Há quanto tempo você frequenta a festa?
Frequento desde 2007.

Conte um pouco sobre como conheceu a Trash 80’s.
Estava a procura de uma balada diferente, então minha prima, que sempre vai comigo, me convidou para ir à Trash. Depois disso não consegui mais ficar longe.

Nesse tempo todo, qual foi a sua festa inesquecível?
São muitas, mas quando fui assistir ao show da Gretchen foi um dos melhores dias. Não me lembro qual era o tema, mas acho que ela estava se despedindo dos palcos.

Cite as 5 coisas de que mais gosta na Trash.
A temática das festas é o que eu gosto mais lá, gosto da diversificação do público, gosto dos shows, adoro os funcionários e amo o respeito que todos tem em relação as diferenças.

Todo mundo já pagou um ‘micão’ na Trash 80’s. Qual foi o seu?
Em uma sexta feira qualquer fui pra Trash, bebi muito e sai praticamente carregado de lá. Na outra semana, quando voltei, todo mundo veio falar que eu tava muito louco na semana anterior, o bombeiro da casa me deu conselhos pra eu não beber tanto e descobri que fui dançar em cima do palco junto com a Thalia Bombinha. Detalhe: ela só havia chamado as mulheres pra dançar, só que eu pedi tanto (enchi o saco dela) que ela deixou, por 5 segundos.

Resuma a Trash 80’s em uma palavra!
Diversão.

Pra você, quais as músicas mais legais da Trash 80’s?
“Sandra Rosa Madalena”, “Sou Curumin Iê Iê” e “Fio de Cabelo”.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente