AndrezzaQueiroga

Há quanto tempo você frequenta a festa?
Conheço a Trash desde 2004, mas faz apenas dois anos que passei a ir frequentemente! Viciei!

Conte um pouco sobre como conheceu a Trash 80’s.
Sempre gostei do som que toca na Trash e acabei lendo algumas matérias sobre a festa. Em uma oportunidade chamei o Tonyy para dar uma entrevista na AllTV, local onde trabalhei há um bom tempo. Depois fui conhecer e adorei.

Nesse tempo todo, qual foi a sua festa inesquecível?
Eu adorei a festa de Halloween tanto de 2009, como a de 2008. E claro, meu aniversário do ano passado. Me senti recebendo amigos na minha casa! Uma delícia!

Cite as 5 coisas de que mais gosta na Trash.
De toda a equipe da casa (que dá o tom diferenciado e nos faz querer voltar!); das pessoas (que frequentam a Trash e viraram grandes amigos); da seleção musical (que é única e contagiante!) e do clima (lá não importa se você está de chinelo ou salto agulha, o importante é se divertir!).

Todo mundo já pagou um ‘micão’ na Trash 80’s. Qual foi o seu?
Tem que ser só um? Perdi as contas de quantos micos paguei ali… aliás, se juntar todo mundo, podemos criar um livro! Acho que a mais recente foi no começo deste ano. Não aguentava mais o salto da sandália e pra poder ficar descalça fiz uma proposta ao meu amigo: ofereci uma vodca pra que ele ficasse de meia e me deixasse usar seu All Star. Deu certo! Depois disso, dancei horrores e nem me preocupei com meu visual – que estava péssimo. Quanto ao meu amigo, com a vodka do Rivelino na cabeça, ele nem se lembrou que estava acabando com a meia novinha! rs!

Resuma a Trash 80’s em uma palavra!
INDISPENSÁVEL!

Pra você, quais as músicas mais legais da Trash 80’s?
Tem inúmeras superbacanas, mas vamos lá: “Foi Assim” da Mara Maravilha, “É Tão Bom” das Paquitas, “Footloose” de Kenny Loggins; “I’ve Had (The time of my Life)” de Bill Medley e Jennifer Warner; “If You Could Read My Mind” de Nicki French e “Companheiro” do Dominó!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente