Arquivo do mês: outubro 2008


Devido a grande procura por ingressos antecipados, abriremos um terceiro acesso para facilitar o ingresso à festa. Então, agora ficou assim:

Hotel Cambridge
Avenida 9 de Julho, 216

Tarsila
Rua Álvaro de Carvalho, 25
Atrás do Hotel e na frente da Trash

Salvador Dali
Rua João Adolfo, 126
Ao lado do Hotel Cambridge

Em todos os três existem acessos preferenciais para antecipados e reservas de aniversários, bem como fila diferenciada para quem comprar na hora (se sobrar)

Hoje a Halloween da Trash 80 está pipocando em vários jornais: JT, Estado, Diário de SP e Destak, além de vários sites. Vale lembrar que a procura pelos ingressos está uma loucura e que, como previsto, o nosso Halloween será um sucesso. Nos vemos lá!

A Oi FM está apoiando o Halloween Trash deste ano. Aponte seu dial para 94.1, confira a programação musical mais bacana de São Paulo e fique atento às vinhetas. Tá sem rádio por aí? Clique abaixo e ouça a vinheta:

Agora, não esqueça de sintonizar a Oi FM e participar da superpromoção que a turma deles fará amanhã no nosso Halloween!

Curte filmes que dão medo? Confira o Cultura Trash da semana e pegue umas dicas tenebrosas. Arrase na sessão de DVD com a turma! Leia aqui!

Por Alessandro Fiocco para Trash 80′s

Que tal aproveitar a semana do Halloween e entrar no clima dos filmes de terror? Nos anos 80, ocorreu uma onda de obras em que uma pessoa ou entidade maligna matava meio mundo – os slasher movies. Essa trilha gerou bons produtos. Além deles, lobisomens, vampiros e paranormais rendiam sucesso nas bilheterias. Faça aquela pipoquinha, chame a turma para uma sessão e, na hora de dormir, nada de gritar pela mãe, hein!

Brinquedo Assassino – 1988

Na caixa do boneco havia a inscrição “Good Guy”. Aham! Chucky era o próprio capeta em forma de…borracha! Depois do filme, as crianças passaram a deixar os brinquedos trancados em armários, baús, prateleiras…

A Hora do Espanto – 1986

Que tal ter com um vampiro como vizinho? Charley Webster, um aficionado por filmes de terror, não imagina que até a sua mãe vai entrar na onda do charmoso senhor das trevas. Com toques de “terrir”, o filme é um dos mais lembrados do gênero.

Noite das Brincadeiras Mortais – 1986

Outro que, devido à popularidade, ganhou remake em 2008. Uma galera cheia da grana vai passar o final de semana em uma casa de veraneio, que é do pai de uma das gatinhas. No entanto, a menina vai surpreender os coleguinhas com brincadeiras nada engraçadas.

A Hora do Lobisomem – 1985

Se for noite de lua cheia, o peludão irá aparecer. Assim como outros filmes que abusam da premissa, este foi um grande sucesso e passava adoidado no SBT com o nome de “Bala de Prata”. Um adolescente cadeirante desconfia que a série de assassinatos que tomaram conta da pacata cidadezinha de Tarker’s Mill é culpa do lobisomem e decide pesquisar. Boa coisa não vai dar.

Natal Sangrento – 1984

O pequeno Billy é órfão desde que viu seus pais serem brutalmente aniquilados por um cara vestido de Papai Noel. Já adulto, seu chefe pede que ele coloque a roupa vermelha e branca para animar os clientes. O rapaz fica tão fulo que pega o machado e sai rachando o “coco” de todo mundo. Ganhou remake em 2008.

Poltergeist – 1982

Grande sucesso de Spielberg, o filme tem uma pá de uruca em cima dele. Pessoas do elenco morreram, maldições… cruzes! A estória: uma família vive bem até que fenômenos paranormais deixam todos horrorizados. Se não viu até hoje – o que é bem difícil – corra para a locadora agora e assista a uma grande obra do estilo.

Pague Para Entrar, Reze Para Sair – 1981

Uma galera desocupada decide passar a noite em um parque de diversões. Ao entrarem no trem fantasma, desembarcam dos carrinhos e ficam escondidos no parque. Nem é preciso dizer que isso não foi uma boa idéia.

Dia dos Namorados Macabros – 1981

Na véspera do Dia dos Namorados, uma turma de mineiros – e suas namoradas – começa a sumir do mapa. Vingança de alguém fulo, que tinha tido o coração partido no passado. Classicão da década, ganha remake 3D no começo de 2009.