“Ninguém tem direito a negar aos outros seu modo de vida, mesmo que não concorde com ele, porque todos têm o direito de viver a vida que desejam, desde que não prejudiquem o outro”. Com essa frase, o bonitão Brad Pitt justificou a sua doação de US$ 100 mil para apoiar grupos partidários do casamento entre gays.

Para Pitt, a discriminação não tem lugar nos EUA e repudiou a ação do referendo intitulado Proposta 8, ação de um grupo que busca proibir esse tipo de união na Califórnia, legalizada no estado desde junho desse ano.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente