Por Alessandro Fiocco para Trash 80′s

Protagonizada pela “rapeize” da pesada, adrenalina não faltava nos enlatados que fizeram muito sucesso por aqui. Confira a nossa seleção de séries feitas por eles, especialmente para eles.

Magnum: De camisa florida, atuando em um cenário paradisíaco – o Havaí – e ladeado por gostosonas, Tom Selleck deixou o bigodão crescer e fez fama no papel do detetive boa vida. Com total de oito temporadas e 162 episódios, Magnum ainda tinha muita ação e pancadaria.

Esquadrão Classe A: Sabe a velha fórmula que sempre funciona? Aqui, o fortão, o inteligente, o desmiolado e o boa pinta formam uma equipe que soluciona casos e defende os medrosos. Mas o legal da série era o furgão preto todo invocadão, que enlouqueceu a molecada e até virou brinquedo da Glasslite.

Miami Vice: Depois dizem que os caras de hoje é que são metrossexuais! Quem não se lembra dos detetives James Sonny Crockett(!) e Ricardo Tubbs, aprumados em ternos coloridos, sempre “ornando” com uma camisa de cor pastel. Ah, sem esquecer os cabelos laqueados. O mais surpreendente era que depois de tanto corre-corre e tiro para todos os lados, os bonitões se mantinham na estica. Televisão, né, minha gente!

A Super Máquina: Em carro preto todo invocado, Michael Knight rodava as ruas de Los Angeles atrás da bandidagem. Mas ele não era de nada. Quem era bacana mesmo era K.I.T.T., a CPU com voz de mulher instalada no painel do carango, que alertava o bonitão dos perigos, além de bater papo nos momentos de solidão. Então tá!

Profissão Perigo: McGiver era o cara! Com um alfinete, fios e sucata ele construía uma verdadeira máquina de guerra e botava qualquer bandido para correr. A série agradava a ambos os sexos. Os meninos adoravam as idéias do cara, enquanto elas curtiam o bonitão que, na série, construía o seu personagem na linha “maior abandonado”.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente