Arquivo do mês: agosto 2008

Semana que vem tem Rosana na Vila Olímpia. É a chance de ver a “deusa” cantar os seus maiores sucessos. É claro que “O Amor e o Poder” estará na lista, mas sem esquecer os sucessos como “Nem um Toque” e “Vício Fatal”.
Assista o vídeo em que ela ganha o troféu como melhor cantora de 1989. Na época, a música “Amor Dividido” estava no topo das paradas. Vale dar uma atençãozinha especial ao figurino da gata e a sua coreografia.

Muito divertido este teste onde você escolhe artista, situação e muito mais para gerar uma chamada de sessão da tarde personalizada. Clique aqui para acessar o site e arrase da produção! ;)

Michael Joseph Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958, exatamente 13 dias depois de Madonna Louise Veronica Ciccone. Olha só!

Os dois seguiram por um bom tempo como rei e rainha do pop, e agora, aos 50 anos de idade muita, mas muita coisa mesmo aconteceu. Madonna continuou em disparada na frente e hoje está no auge. Michael infelizmente se perdeu nesse caminho e a mídia nada ajudou. Aliás, só piorou as coisas. Mas ele ainda é o rei do pop, só está passando por um momento difícil, né, gente?

Esperamos que ele consiga recuperar-se dessa fase ruim e que volte a brilhar como costumava fazer por onde passava.

Parabéns ao Michael por ser o artista que foi e ainda é e por tudo o que fez pela música pop. E, claro, parabéns pelos seus 50 anos!

Para relembrar, clique aqui e assista a um de seus maiores sucessos e o vídeo clipe que revolucionou a indústria do ramo.
A propósito, os efeitos deste clipe inspiraram a série “Manimal”, sabia? Pois é, pois é!

Se você, assim como eu, esperava com ansiedade pelo próximo capítulo do seriado e achava o Hulk dos anos 80 realmente incrível, eis a boa notícia: as quatro temporadas da série foram lançadas em DVD!

E o mais interessante é que poderemos, com toda nossa modernice de hoje, rir dos (não) efeitos que achávamos o máximo na época. Além de relembrar um dos maiores sucessos da televisão.

A distribuidora é a Universal Pictures e os preços variam de R$ 99 a 130.

Leia aqui a matéria publicada na Folha Online sobre o assunto.

Por Alessandro Fiocco para Trash 80′s

Protagonizada pela “rapeize” da pesada, adrenalina não faltava nos enlatados que fizeram muito sucesso por aqui. Confira a nossa seleção de séries feitas por eles, especialmente para eles.

Magnum: De camisa florida, atuando em um cenário paradisíaco – o Havaí – e ladeado por gostosonas, Tom Selleck deixou o bigodão crescer e fez fama no papel do detetive boa vida. Com total de oito temporadas e 162 episódios, Magnum ainda tinha muita ação e pancadaria.

Esquadrão Classe A: Sabe a velha fórmula que sempre funciona? Aqui, o fortão, o inteligente, o desmiolado e o boa pinta formam uma equipe que soluciona casos e defende os medrosos. Mas o legal da série era o furgão preto todo invocadão, que enlouqueceu a molecada e até virou brinquedo da Glasslite.

Miami Vice: Depois dizem que os caras de hoje é que são metrossexuais! Quem não se lembra dos detetives James Sonny Crockett(!) e Ricardo Tubbs, aprumados em ternos coloridos, sempre “ornando” com uma camisa de cor pastel. Ah, sem esquecer os cabelos laqueados. O mais surpreendente era que depois de tanto corre-corre e tiro para todos os lados, os bonitões se mantinham na estica. Televisão, né, minha gente!

A Super Máquina: Em carro preto todo invocado, Michael Knight rodava as ruas de Los Angeles atrás da bandidagem. Mas ele não era de nada. Quem era bacana mesmo era K.I.T.T., a CPU com voz de mulher instalada no painel do carango, que alertava o bonitão dos perigos, além de bater papo nos momentos de solidão. Então tá!

Profissão Perigo: McGiver era o cara! Com um alfinete, fios e sucata ele construía uma verdadeira máquina de guerra e botava qualquer bandido para correr. A série agradava a ambos os sexos. Os meninos adoravam as idéias do cara, enquanto elas curtiam o bonitão que, na série, construía o seu personagem na linha “maior abandonado”.