Os concursos de misses sempre tiveram o seu charme. Nos anos 60 e 70 o Brasil parava para acompanhar as suas representantes. E o Maracanãzinho, local onde acontecia o certame,  lotava.

Nos anos 80 ele se popularizou ainda mais, já que Sílvio Santos adquiriu os direitos de exibí-lo na televisão. Lembro de assistir ao lado da minha irmã e ficar fascinado com tudo aquilo. Em um caderno anotava o nome de todas as candidatas, e em lacunas feitas à caneta, dava-lhes as notas.

A Trash 80′s sugou dos anos 80 a idéia das misses. Não só por causa dos concursos regionais e nacional, mas na escola era comum ter a Miss Caipirinha, Miss Primavera e por aí vai…

Esse discurso todo é só para dizer que domingo, 12/7, rola mais uma edição do Miss Universo. Lá do Vietnã, a nossa miss, a gaúcha Natália Anderle, está fazendo bonito nas preliminares, sendo apontada como uma possível semi finalista. Assim, caso esteja interessado em um programinha light, sintonize no domingo, por volta das 22h, a sua TV na Band ou na TNT. No mínimo, será divertido.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente