Há quanto tempo você freqüenta a festa?
Dois anos.

Conte um pouco sobre como conheceu a Trash 80’s.
Bem, tudo começou no aniversário do meu amigo Vitor, em maio. Ele escolheu lá para comemorar e nós fomos conhecer a balada, aí pronto… foi paixão à primeira vista. Depois dessa data, passei a freqüentar a Trash quase toda semana.

Nesse tempo todo, qual foi a sua festa inesquecível?
Ah… todas são ótimas, mas eu acho que a última que teve o banho de espuma foi impagável, eu dei muita risada, tanto com a performance de baiana do Cris lavando a escada, quanto com todo o resto. Saí de lá ensopado!!!

Cite as 5 coisas de que mais gosta na Trash.
Fica difícil citar, já que considero a Trash uma balada completa. O povo é bem animado, o som é ótimo, o pessoal que trabalha lá é super gente boa, tanto na da VO quanto na do Centro, que é a minha preferida.

Todo mundo já pagou um “micão” na Trash 80’s. Qual foi o seu?
Hahahaha… um micão? Tenho uma lista de micos. No dia do banho de espuma, por exemplo, eu e o Alemão fomos embora de lá mergulhando no chão de “peixinho”. Teve uma vez, também, que estava acompanhado ao lado do bar e quando a garota que estava comigo foi encostar na cortina achando que era a parede, ela foi pro chão e me puxou… Como se não bastasse eu tentei segurar em algo para não cair, a única coisa que encontrei pela frente foi a lixeira… Imagina só que cena bizarra eu, ela e o lixo no chão. Foi muito engraçado.

Resuma a Trash 80’s em 1 palavra!
Sensacional.

Pra você, quais as músicas mais legais da Trash 80’s ?
Eu adoro músicas nacionais, quanto mais de corno melhor… Fagner, Wando, Fábio Júnior e por aí vai. É uma beleza!!!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente