Há quanto tempo você freqüenta a festa?
No carnaval fez exatamente um ano que conheci a Trash, mas parece que faz um tempão que vou lá, a gente tenta mudar a opção, mas no final sempre vai pra lá, é uma espécie de vício do bem, pra mim não tem balada melhor em São Paulo.

Conte um pouco sobre como conheceu a Trash 80’s.
A primeira vez a gente nunca esquece mesmo. Primeiro porque foi muito engraçado, e de lá para cá minha vida mudou completamente. Eu era uma pessoa triste, não saía de casa para nada, tinha acabado um namoro longo (sabe como é, né… risos… hoje me sinto ridícula), fui pra Bahia, mas nem a Bahia conseguiu me tirar daquela tristeza. Eis que meus amigos de classe queridos Vítor e Camila me convidaram pra ir a uma balada que tocava música dos anos 80. Eles falavam tanto na aula que os professores viviam nos chamando a atenção por rir tanto. Foi aí que a felicidade bateu à minha porta e fui a apresentada a “buaty”. Em pleno carnaval de 2007… AMOR À PRIMEIRA VISTA, porque não existe meio termo: ou você ama ou odeia. Eles me tiraram daquela vida chata. No começo fiquei meia assustada, mas logo na entrada tinha uma pessoa com um quadro na cabeça… risos (Alysson) Depois desse dia me tornei uma pessoa mais feliz, alegre e tem gente que fala que nossa vida é só trash, trashhh e trashhh… na verdade é mesmo, é como se fosse minha segunda casa, eu e meus amigos brincamos que minha história é igual aos depoimento da novela “Páginas da Vida”!!! Porque realmente não sou mais a mesma…

Nesse tempo todo, qual foi a sua festa inesquecível?
Ah, são tantas! Carnaval 2007/2008, Halooween com aquele dark room… O legal é que toda vez que saio da “buaty” acho que foi a melhor de todas, já aprontei muito.

Cite as 5 coisas de que mais gosta na Trash.
A alegria dos trashers, a liberdade (de poder ir de tênis, chinelo e ninguém reparar na sua roupa), os hostess, as performances no palquinho (até minha filha já sabe dançar como eles) e as amizades.

Todo mundo já pagou um “micão” na Trash 80’s. Qual foi o seu?
Foram tantos… mas acho que um dos piores foi o open bar Trash Remelexo. A roupa molhada, o cabelo cheio de chopp, ir embora e meus amigos ficarem me procurando, achando que tinha acontecido algo, acho que foi um dos piores, apesar de não me lembrar muito do dia.

Resuma a Trash 80’s em 1 palavra!
APAIXONANTE… LUGAR DE GENTE FELIZZZ!!!

Pra você, quais as músicas mais legais da Trash 80’s ?
Rosana – O Amor e o Poder
Balão Mágico – Amigos do Peito
Britney Spears – Gimme More
Guerra dos Sexos – The Fevers adoooroooo
Sidney Magal – O Meu Sangue Ferve por Você
Hanoi Hanoi – Totalmente Demais
Trem da Alegria – Orquestra dos Bichos
Abba – Dancing Queen
Gretchen – Conga Conga Conga e Freak Le Boom Boom
Village People – YMCA e Macho Man

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente