Sábado chuvoso, 8 de abril de 2006. Fui convidada pelo Gláucio e pelo Júnior para conhecer a Trash 80´s. Após muita insistência, decidi ir.

Não sabia chegar ao local e acabei ficando irritada. Ao me deparar com a casa – ou melhor, “cortiço” -, já sabia que não iria curtir o lugar. Mesmo assim, entrei!

Mero engano: foi amor à primeira vista! Dentro de alguns minutos já estava eu dançando horrores ao som dos melhores DJs (Wander e Catatau). Desde então, não saio de lá, juntamente com MEU QUARTETO: Glau, Thi e Erika – os “enfermeiros da VO”, como diz o Wander… rsrsrs

Conquistei grandes amigos, aprendi a absurdar e a tequilar, pois tudo na Trash se torna mágico. Curto cada minuto, cada música (adoro “O Amor e o Poder”, da Rosana), cada festa e só saio de lá quando o manobrista vem me buscar: “Moça, o estacionamento já fechou”.

Pra mim, a Trash é simplesmente fodástica. Amo muito tudo isso!!!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente