logo-idaho.jpg 

Hoje, 17 de maio, mais de 40 países celebram o Dia Mundial Contra a Homofobia. Instituída em 2005 pela Associação Internacional de Gays e Lésbicas (ILGA), a data lembra um dos fatos mais importantes da luta contra a homofobia no mundo. Em 17 de maio de 1990, a Organização Mundial de Saúde retirou a homossexualidade de sua lista de distúrbios mentais.

A partir desse dia, os que têm orientação sexual diferente da heterossexualidade deixaram de ser tratados como doentes ou deficientes. Desde então, políticas e leis têm sido feitas para garantir direitos a essa parcela da população há séculos discriminada.

Infelizmente, não tem sido assim em todos os lugares do mundo. Ainda há nações que criminalizam o amor e o desejo entre pessoas do mesmo sexo. No Irã, por exemplo, homossexuais são punidos com enforcamento ou apedrejamento em praça pública.

Mas a homofobia persiste mesmo em países onde não é crime ser gay. Aqui mesmo no Brasil, os GLBTs continuam tendo dezenas de direitos negados. Entre eles, dois merecem atenção especial: o direito de constituir família reconhecida pelo Estado e o direito de ter proteção legal contra crimes homofóbicos.

A Trash 80´s aproveita este dia tão importante para reafirmar seu compromisso com o respeito à diversidade sexual. Há 5 anos, a festa leva para a noite paulistana a proposta de diversão sem discriminação, apoiando e incentivando o exercício da liberdade individual.  

É isso que faz a pista da Trash tão diversa, com pessoas de todas as orientações sexuais e com as mais variadas identidades de gênero. Lá, você sabe que pode se divertir à vontade, sem medo de sofrer discriminação por ser quem é.

Na Trash 80´s, todo dia é dia de festejar a diversidade humana e de dizer não à homofobia!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente