Epa! Chegou a minha vez!
Bom, faz exatamente três anos que sou freqüentadora da Trash 80´s.
Tudo começou quando uma amiga que conhecia à festa, disse-me que a achava minha cara.
A minha primeira vez foi em um sábado. Na fila, tudo era muito estranho e diferente. Virei para a minha amiga e disse: “Meu, que lugar é esse que você me trouxe?” Imediatamente, ela respondeu: “Espere e você verá”.
Quando entrei, não demorou muito, já me senti totalmente em casa. Muitas pessoas vieram falar com a gente e se apresentar. Ouvindo as músicas, nossa, eu me divertia horrores, já que todas eram da minha época de infância, sabe? Xuxa, Mara, Rosana. Meu, que demais! Dançava feito uma louca e cantava mais ainda. Aquela impressão que tive na fila, em cinco minutos foi embora. Lógico que me joguei na “buaty”!
Nesse tempo todo, minha festa inesquecível, com certeza, foi o carnaval com banho de espuma. Foi lá que a Carola ficou conhecida, mas é melhor nem comentar. Só quem me conhece sabe do que estou falando, por isso, abafa. Inúmeras festas pra mim são inesquecíveis. Para ser mais clara, cada dia que estou lá é um acontecimento que fica guardado em minha caixinha de acontecimentos totalmente causadores. Aliás, causar na “buaty” é o que mais faço e que por sinal adoro!
Lá somos amigos do peito e simplesmente nos tornamos uma família. Sabe aquelas coisas de ficar ligando toda hora, saber se irão no final de semana e tudo mais? Então, na Trash 80´s é assim. Gosto de tudo: desde a fila até a hora em que estou no banheiro. Adoro quando os DJs tocam as músicas que eu amo e saio gritando, dançando feito louca. Como sempre, todos rindo e dizendo: “Essa Carola é f…”
Nesse tempo todo, vários micos. Quem nunca caiu da escada da Trash 80´s? Quem nunca deu “PT” na “buaty”? Quem nunca saiu carregada pelo bombeiro ou pelo segurança? Que por sinal, meu Deus, viu! E quem nunca dançou no palquinho totalmente arrasando? Se nunca aconteceu isso com você, é porque nunca freqüentou a festa! Assim, resumí-la em uma só palavra é impossível. Por favor, né? Tá, tudo bem, vamos tentar: vício. E jamais quero um tratamento para isso, prefiro ficar com ele para sempre.
Todas as músicas são perfeitas, mas a que sempre ficará na memória é “Companheiro”.
E aqui, faço um convite: Bora pra Trash 80´s? Ou você prefere ficar em casa assistindo “Zorra Total”, “A Praça é Nossa” e “Comando da Madrugada”?
Venha fazer parte dessa família também, que por sinal é muuuuuuuuuuito boa!
Vocês são show!
Obrigada por tudo!!!!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente