A primeira vez em que fui na Trash foi por meio de um convite de um grande amigo para comemorarmos seu aniversário: “Vamos a um lugar diferente, alegre e que toca música dos anos 80: a Trash”. Fiquei curiosa: “Como será esse lugar?”.

Enfim, dançar, se divertir… por que não? Vamos lá! Para minha surpresa, encontrei amigos que há muito tempo não via. Até aí tinha eu um relacionamento amoroso de longo tempo, mas… Tem certos dias e certas épocas em nossa vida que cremos que nada vale a pena, que os dias são negros, tristes, tudo é uma imensa tempestade.

Pois bem, isso tudo estava dentro de mim. Tinha eu rompido um relacionamento longo, estava sofrendo muito, nada tinha significado, estava anulada, não saía, nada me alegrava.

Mas nessas nossas horas surgem os verdadeiros e eternos amigos: “Vamos sair, curtir a vida, vamos pra uma balada bem legal”. De tanto insistirem, acabei indo. Fomos parar na Trash, mesmo com esse lugar me trazendo tristes recordações amorosas.

Ao adentrar o recinto, senti uma enorme surpresa: quantas pessoas alegres e sorridentes! Foi aí que olhei para dentro de mim e perguntei: “Valeu toda sua angústia, toda sua alienação da vida?”. Puxa, algo rompeu dentro do meu peito, a alegria, o significado da vida estavam ali bem na minha frente, super contagiante. Sabe, pessoal, voltei a viver.

A partir desse momento, abri o guarda-chuva da vida e superei a tempestade. Meus dias tornaram-se positivos, pois a Trash e a vida esperavam-me cheias de belos momentos. Aos poucos fui conhecendo pessoas maravilhosas que conquistaram meu coração e criando amizades sólidas, cheias de respeito e de um carinho especial por todos.

Para resumir minha alegria, até levei para a despedida de solteiro minha querida e amada irmã e suas amigas. Hoje agradeço a insistência de meus verdadeiros e eternos amigos de momentos bons e ruins e orgulhosamente digo e indico a Trash para todos. E afirmo: ali sim a alegria e a felicidade existem.

Obrigado a todos que hoje fazem minha vida ser igual a um arco-íris cheio de cores contagiantes e brilhantes! Enfim, a Trash tem sabor e gostinho de quero mais. Beijos enormes no coração de todos e obrigada por me permitirem fazer parte da vida de cada um de vocês. Muito grata por tudo e por todos!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente