Dias atrás recebi um e-mail da Malu (minha irmãzinha) dizendo: “Você quer ser o trasher da semana?”

No primeiro momento pensei, no segundo sorri e no terceiro aceitei.

Falar sobre o lugar que você frequenta semanalmente parece fácil (principalmente por freqüentar desde outubro de 2004), mas percebi que é muito difícil tentar resumir tudo que foi conquistado em tanto tempo: as amizades, os micos, os sorrisos, as danças, as músicas… e também aquilo que preciso fazer um esforço imenso para lembrar!

Lembro-me da primeira vez…afinal, a primeira a gente nunca esquece! A prima de uma ex-namorada me chamou para ir em um lugar diferente que tocava as músicas que eu era fanático (quem me conhece sabe que sou Depeche Mode desde criança) e, de pronto, eu aceitei. Logo na porta, a ilustre Janeide brincou comigo dizendo “Você tem certeza que vai entrar aí?”, e eu respondi “Orra, se tenho!”. “Take on me” foi a primeira música que ouvi e a noite foi irada!

Voltei lá o mais rápido possível, com amigos da faculdade. Com o passar do tempo, troquei a namorada da época pela Trash 80’s (isso que é demonstração de amor!). E assim foi que tudo começou e continua hoje e sempre!

Quando a semana começa, sempre já sei a programação do fim de semana. Será vício? Não, é prazer.

Sempre me perguntam se eu não cansei de ir todo fim de semana. A resposta é: “Lá é meu lugar e de lá ninguém me tira!”

É o lugar que eu ouço sempre “Enjoy the silence” (Depeche Mode), “Tainted Love” (Soft Cell), “A Little Respect” (Erasure), “Blue Monday” (New Order), entre outros clássicos dos 80’s.

Também é o único lugar que estou sempre entre amigos, os quais não vou citar nomes para não esquecer de ninguém!

E o principal: é lá que eu sempre pago meus micos, afinal, o que seria uma noite na Trash 80’s sem um motivo para a risada? Porque eu perco a noção, mas não a piada…

Concluindo, existe melhor lugar para se divertir? Não!

“When I’m with you baby,
I go out of my head,
I just can’t get enough…
All the things you do to me
And everything you said,
I just can’t get enough…”

(Depeche Mode – I just can’t get enough)

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente