É um lugar conhecido carinhosamente, por alguns, como o cortiço. De lá você pode até ir para Paris, fica no centro de São Paulo.

Eu pensei que nem existia, mas na hora em que entrei, descobri um novo mundo, uma nova vida, uma família.

Adquiri amigos, amores e sorrisos. É um lugar que você ama ou odeia. Como eu amei, virou um vício em minha vida, aguardo ansiosa para chegarem as quintas , as sextas e os sábados.

Já faz uns dois anos e meio que freqüento. Comecei indo com uma amiga. Ia algumas vezes, porque ela não podia ir sempre, mas tomei coragem e passse a ir sozinha.

Depois disso ninguém me segura, só não vou mesmo em caso de doença ou falta de dinheiro.

Adoro a Trash 80’s e todos que lá trabalham. As músicas então, sem palavras. Wando, Sidney Magal, Rosana e outros tantos.

Tive a honra de poder participar da festa de 4 anos. Nunca fui em uma festa tão boa como essa, com todos que eu gosto reunidos em uma só noite.

Tenho um lema que lá “Ninguém é de ninguém” e sim “Todo mundo é de todo mundo”, pois é um mundo diferente, um mundo que nos salva do stress do dia-dia, da rotina e dos preconceitos que existem do lado de fora. Que bom que lá cada um pode ser o que é!

Para os que me conhecem digo que amo, e para os que ainda não , espero um dia poder dizer o mesmo.

As três coisas que mais gosto nesse cortiço?

Os amigos
A música
E os beijos

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente