Desde que ouvi falar, quis conhecer essa festa tão comentada que rolava no Centro de São Paulo, porém todos meus amigos ouviam isso com certo ar de brincadeira e nunca queriam me acompanhar.

Em certo dia de fevereiro de 2005, saí de casa com uma amiga, sem rumo. Aí pensei: “É hoje!” E não deu outra, fomos parar na rua Álvaro de Carvalho, nº 40. Pegamos uma enorme fila que quase nos fez desistir de entrar.

Quando entrei, a princípio foi um susto: pessoas “fantasiadas”, músicas da Xuxa tocando em um lugar onde aparentemente só havia pessoas mais velhas que eu, “shows”em um palquinho, confesso que sai de lá meio assustada mas já pensando quando seria a próxima vez que voltaria àquele lugar tão fantástico.

Foi amor à primeira vista !

O fim de semana se aproximava e as pessoas já me perguntavam: “Não vai querer ir de novo na Trash?”

Fiz com que muitos amigos fossem comigo até que resolvi ir sozinha mesmo. Foi a melhor coisa que fiz. Conheci muita gente nova, fiz muitos amigos e hoje não sei viver sem esse lugar “fantabuloso” (tão fantástico e tão maravilhoso!).

Posso dizer que meus melhores dias, meus momentos mais felizes deste ano foram vividos na Trash 80’s !

Quem nunca foi não sabe o que tá perdendo. Quem já foi tá esperando o que pra voltar?

Não sei mais viver sem George Michael, Madonna, Xuxa e Wando!

‘BORA PRA TRASH!!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente