O primeiro contato com a Trash 80’s foi pela rádio, quando a Brasil 2000 convidava DJs da noite de São Paulo para tocar os mesmos sets que estavam acostumados a fazer nas casas noturnas. Quem estava lá, se não me engano, era o DJ Tonyy, tocando “He-Man” e “Tremendo”. Quando ouvi aquelas músicas quase fui à loucura, pois sempre lembrava com os amigos das músicas dessa época. Mas quando me dei conta de que existia um lugar que tocava realmente o que eu gostava, tudo mudou.

Nessa época as festas rolavam ainda no Hotel Cambrigde e eu tinha um namorado que não era muito fã e acabei deixando de lado a minha grande vontade de conhecer a Trash 80’s. Mas o tempo passou, o namoro terminou e eu conheci o Marcos Paulo, que já conhecia a casa e estava responsável por me apresentar alguns lugares que eu ainda não conhecia. Então, na segunda-feira de Carnaval de 2005 decidimos que iríamos ao Banho de Espuma da Trash 80’s. Finalmente um grande sonho realizado.

Amor à primeira vista é meio clichê, mas nesse caso encaixa-se perfeitamente, pois a cada música, coreografia, pessoas, ambiente, clima e lembranças foram suficientes para essa simpatia gratuita crescer. Nunca vou esquecer da primeira coreografia que aprendi nesse dia (“Thundercats”) e de trashers se acotovelando para dançar “Fogo e Paixão”. E, claro, do Banho de Espuma que me rendeu uma gripe.

Voltar a Trash 80’s foi inevitável e a cada dia fui conhecendo pessoas novas, interessantes, que se tornaram amigos únicos. E a cada festa fui ficando cada vez mais familiarizada com todos os que fazem e participam dela.

Outra coisa que me agrada profundamente é a liberdade que temos dentro da casa, tanto no jeito de se vestir, de se maquiar, de usar orelhas de rato e, claro, de respeitar a particularidade de cada um. Acho que lá poderia chamar Terra do Nunca, onde a gente é sempre jovem. E isso a gente não encontra em qualquer lugar.

Por gostar tanto já fui chamada de doente por alguns amigos, que chegaram a dizer que devia me internar lá. Quase fiz isso, pois 6 dias seguido do melhor carnaval do mundo (2006) definitivamente não é pra qualquer um, só quem realmente se joga e gosta pode fazer isso!

Momentos Únicos:
Banho de Espuma I
Ganhar Pintinho Amarelinho do Dj Wander
Concurso de Fantasias Carnaval (2006)

Músicas Nacionais:
“Caça e o Caçador” (Fábio Jr)
“Amor e o Poder” (Rosana)
“Sandra Rosa Madalena” (Sidney Magal)

Musicas Internacionais:
“Freedom 90’s” (George Michael)
“Vogue” (Madonna)
“Girls Just Wanna Have Fun” (Cindy Lauper)

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente