Em outubro de 2003, estava sentado com amigos em um barzinho, decidindo para onde iríamos. Um dos que estavam comigo disse que existia um lugar chamado Trash 80’s, e perguntou se queríamos ir para lá. Mas que tipo de música poderia rolar em um lugar chamado “Trash”? Quando ele me falou que tocava Xuxa, Trem da Alegria, lambada, enfim, músicas “bregas”, respondi que era para onde iríamos. No caminho, tentava imaginar como seria o local, e que tipo de pessoas freqüentariam.

Chegando lá, que susto! Apesar de uma fila enorme, resolvemos ficar, a meu pedido. Minha ansiedade crescia cada vez mais ao me aproximar da porta e já ouvia algumas músicas: “Menina Veneno”, Atchim & Espirro, Sidney Magal. Queria entrar logo!

Quase uma hora e meia depois, entramos. “Como uma deusa / você me mantém…” Quanta gente! Olhei para o palco e fiquei curioso para saber quem eram aquelas pessoas dançando ali.

Dancei muito naquela noite, até lambada, que desde os meus 7 anos eu não escutava mais! Quando fui sair da pista eram 5h da manhã. Caminhando para o caixa começou a tocar Trem da Alegria! Veio uma música bacana, e outra, e outra. Quando me dei conta, já eram 6h15!

Demorei muito para voltar, pois não é qualquer pessoa que topava ir comigo para uma balada assim. Muitas não entendem, acham cafona, brega. Fala sério, né?

Minha Maratona Trash, no entanto, começou mesmo em janeiro deste ano, quando resolvi ir sozinho para lá, na Trash 80′s Centro. Conheci um grupo de pessoas que foram muito atenciosos comigo, adorei todos.

Depois de alguns dias veio a maratona de carnaval de seis dias e o grupo de amigos só cresceu. Conheci muitas pessoas, que se tornaram para mim uma grande família.

Ganhei até um apelido no Carnaval Kitsch, pois fui fantasiado de cowboy e justo nesta noite o Wander estreou na casa o funk “Cowboy Viado”. Ai já viu! Me pegaram para Cristo!

Tenho amigos trashers dentro e fora da casa e agradeço à Trash por conhecê-los. Adoro vocês!

Hoje eu entendo porque a Trash é tão diferente!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente