Quando fui à Trash 80’s pela primeira vez, em 21 de janeiro de 2005, eu ainda não sabia exatamente do que se tratava. Meus amigos já conheciam e disseram que alguns canais de TV fizeram reportagens sobre o lugar, mas eu nem tinha visto. Sabia que era um lugar onde eu poderia ouvir Balão Mágico e Xuxa, mas não tinha muita noção do que aconteceria lá.

Lembro que quando entrei, fiquei meio maravilhado com o ambiente, achei o máximo aquele piso quadriculado, as paredes azuis, as luzes… tinha muita gente dançando na pista ao som de “It’s Raining Men” e logo me enfiei no meio de todo mundo e fui lá pro meio dançar! Desde aquele dia, não saí mais da Trash!

Não costumo sair muito, mas já cheguei a ir pra lá dois dias seguidos, pois tinha ido pra outra festa e mudei de idéia em cima da hora, todo mundo sugeriu ir pra Trash e mudamos o percurso, além de eu ter marcado meu aniversário lá no dia seguinte. É legal quando eu começo a falar pro povo, pois não tem como falar da Trash 80′s sem empolgação, todo mundo fica morrendo de vontade de conhecer o lugar!

A cena que eu nunca vou me esquecer é do primeiro dia em que eu fui pra Trash 80′s e começou a tocar “Lua de Cristal” da Xuxa, enquanto passava um pedaço do filme no telão! Um monte de gente cantando “Vamos com você, nós somos invencíveis, pode crer…” em uníssono me fez perceber que ali era o meu lugar!

Resumindo, a Trash 80′s é um lugar único, onde a diversão é garantida! Até mesmo aqueles que tentam resistir achando que é ridículo ir a um lugar pra ouvir músicas antigas acabam tendo uma festa inesquecível! Ver Cris Mariposinha, Catatau e Dani dançando “Fada Madrinha”, das Paquitas, não tem preço! E a Fabi Ribeiro com o resto da galera dançando “Fogo e Paixão” do Wando? Quando toca “Arco-Íris” da Xuxa então, não tem como não se empolgar! As coreografias da Trash 80’s são as melhores!

Não tem como comparar essa festa com nenhum outro lugar!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente