Dezembro de 2002, rumo a um hotel antigo do centro da cidade…

Rafa the Mush me leva para a Trash 80′s. Algumas semanas antes eu havia conhecido esse menino quando estava entediada em outra balada e comecei a cantar hits antigos. Ele se juntou a mim e fez a pergunta: “Já foi à Trash 80′s?”

Semanas depois cheguei no hotel, um pouco jeca, desconfiada. Quando avistei o Alisson, me senti em casa. Sentei embaixo de um quadro da Marilyn Monroe e avistei uma mulher de branco com um copo na mão dançando Odair José. Para mim, aquela continua sendo a cena mais marcante da Trash 80′s. Comecei a rir, achando tudo aquilo super engraçado. Ela? Simplesmente era o símbolo da festa: A então solteira e “não mamãe”, Adriana Spaca! Antes de ir para a Trash havia conhecido o Tonyy e o Estevam pela internet, vasculhando informações sobre o Cambridge.

Posso dizer que foi amor à primeira vista. Meus olhos não paravam quietos e eu não conseguia tirar o sorriso do rosto ou parar de dançar. Senti que estava em um lugar livre, sem barreiras, sem medo de ser eu mesma, feliz. Nesta mesma noite eu já fui me enturmando com as figurinhas trashers: conheci Larinha, Gigi, Zeezo e muitos outros, todos muito fofos e receptivos.

A Trash 80′s é maravilhosa porque nos faz sentir em casa, nos deixa feliz. Quando saímos de lá, saímos preenchidos, cantando, pulando, dançando, como se nada mais importasse. Voltei tantas e tantas vezes por esse motivo… além do mais, somos muito bem recebidos por todos. Não sei o que seria da casa sem cada uma das pessoas: as palavras de Paula Funny, as conversas com Anderson Legal, o escracho de Alisson Gothz, os DJs Wander, Tonyy e Eneas sempre tão solícitos e a animação das eternas crianças das mais variadas gerações.

Recentemente, realizei o desejo de discotecar com o meu melhor amigo e fiel escudeiro Rafa the Mush, na “Trash Só Refresco”. Foi mágico.

É isso aí, nos vemos por lá!

Minhas músicas favoritas:
Mamma Maria (disparada!), Sândalo de Dândi, Não faz mal, Manequim, Le Bal Masqué, Locomia, Felicidade (Margarida)

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente