Eu sempre ouvia falar das festas Trash. Nos jornais, na internet, nas revistas, na TV… e eu sempre dizia: “EU AINDA VOU LÁ SÓ PRA VER QUAL É QUE É O ESQUEMA”.

Pois bem, tinha um aniversário de um amigo para ir no dia 11 de outubro de 2003 no Picasso. Então eu fui, mas o lugar estava com a lotação esgotada e fiquei a ver navios. E pensei: “Caramba, voltar pra casa à meia noite, sem buzão? Como?” Aí, olhei para o outro lado da rua e vi um certo movimento. Aí eu me dei conta que era a Trash 80’s!!! Pensei: “Estou sozinho, não tenho como voltar pra casa, vou encarar!”

Foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado. Fui entrando… Aos poucos conhecendo e, claro, ouvindo aquelas raridades que já foram sucesso um dia e fui me familiarizando com o lugar. Eu não danço nada. Nada mesmo, mas ouvindo aquilo aos poucos comecei a mexer o esqueleto do meu jeito. Sozinho, mas eu tava lá cantando e dançando como nunca.

E rolou músicas que um dia eu até detestava, como as do Dominó, Polegar e Mara Maravilha. E teve até Saltimbancos e a trilha sonora do desenho Cavalo de Fogo! Caramba, há quanto tempo eu não escutava isso!
E o povo? Olha, eu já fui em tudo quanto é balada, mas eu nunca vi uma galera cantar, dançar e se divertir tanto sem medo de ser feliz. É uma alegria que te contagia com certeza.

Sinceramente, foi a melhor festa que eu já fui. Nunca me diverti tanto numa noite. Eu cantei e dancei a noite inteira e fazia muito tempo que não voltava pra casa tão cansado e quebrado.

O ruim disso tudo é que eu ainda não conheci ninguém lá, acreditam? Mas sei que isso… é só uma questão de tempo.
Meus artistas trash preferidos com suas respectivas músicas são:

Rita Cadillac – É bom para o moral (Bom Bom)
Eu vi o clip dessa musica há muito tempo na Bandeirantes. Ficou marcado como tatuagem na minha memória.

Sidney Magal – Meu sangue ferve por você
Esta música pra mim, é um clássico. Não dá pra lembrar do Magal sem ouvir essa música e de “Santa Rosa Madalena”.

Vovó Mafalda – Tumbalacatumba
Putz, essa é pra quebrar. Sempre que passava essa música no Bozo, vinha aquela gente vestida de monstro, caveira, aquela luz escura e clima sombrio no programa. Inesquecível!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente