Bom, por onde começar? Há tempos que eu ouvia falar nessa tal de “TRASH”, mas , nunca tive a curiosidade de conhecê-la. A indicação foi de um colega que sempre dizia que tinha ido lá, que era muito dez, que isso , que aquilo… ainda não havia me convencido o suficiente, afinal, eu só conhecia um lugar que tocava Flash Backs : A Boogie Disco que fica na Vila Olímpia.

Mas, quando ele disse que tocava Mara, Menudo, Tremendo, Sidney Magal e afins… Ah! Pirei e decidi que eu tinha que conhecer este lugar!

Então, no dia 30 de abril de 2004, cinco dias depois do meu aniversário, eu decidi que iria fazer uma comemoração diferente… Já tinha decidido que seria lá, eu tinha que comemorar meu aniversário lá. Queria algo para “libertar meus demônios”, queria um lugar para desestressar e me divertir muito; então, liguei toda animada e falei com a Tuka, para saber como eu fazia para poder colocar o nome na lista… (pobre é uma desgraça! *rs)

A princípio chamei muita gente para a festa, mas, pessoalzinho preconceituoso, falaram que tinham outro lugar para ir… AZAR DELES! Acabei indo com uma amiga, a Cida, (só eu e ela), que é mais nova do que eu e que a caminho da nossa balada, ficava me dizendo: “Eu não sei se vou curtir; as músicas não são da minha época, blá, blá, blá…” Mandei ela calar a boca umas quinhentas vezes (eu sou uma pessoa muito educada, sabe?!) e que se ela não gostasse da balada, a gente ia embora. E ela acreditou!

Feito isso, chegamos ao local. Fila prá cá, fila prá lá e a ansiedade aumentava… Finalmente entramos e eu logo fui me abrindo feito uma mala velha e fui chegando perto do palquinho e vi o Tonyy, mas não tive a coragem de chegar nele para me apresentar, não queria parecer uma mala sem alça logo na primeira vez – (eu já estava inscrita na lista do grupo, lógico!). Mas, a coragem veio logo com minha amiga o chamando e eu me apresentei…Tudo bem que não dava para ouvir nada, mas, me apresentei assim mesmo.

A noite passou e eu parecia uma pipoca na pista: Pulava aqui, pulava ali… Um surto aqui, outro ali…. E aquele pessoal no palquinho fazendo coreografias para TODAS as músicas?! Confesso que me deu uma vontade imensa de subir lá e participar daquela perfomance Fantástica! E os clipes, então?

Nossa, que nostalgia gostosa… Aquilo foi mágico, não conseguia parar de dançar, de cantar! Voltei a ser adolescente naquela noite…

Só sei que isso se tornou um vício e toda sexta feira eu quero ir para “surtar” mais um pouco… Como é bom!

Os outros me acham brega? Eu não estou nem aí… No fundo, no fundo todo mundo gosta disso, o problema é que eles têm vergonha de assumir!

Minhas preferências TRASH:

MENUDO SEMPRE!
Eu tenho que confessar que tenho todos os LP´s deles! Eu literalmente surto quando ouço!

DOMINÓ
“Companheiro, companheiro vem, vem no balanço do mar, vem no balanço do mar …” (Adorava o Nill porque ele parecia com meu namorado na época da febre! )

TREMENDO
“Todos batendo palmas, isto é TREMENDO…” Dispensa qualquer comentário!

MAGAL
“O meu sangue ferve por você!” É um clássico!

LE COMPAGNE CREÓLE
A música Le Bal Masque é o máximo!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente