Desde a primeira vez que eu ouvi falar sobre a Trash 80´s, combinava com a minha irmã todo final de semana. Só que sempre tinha uma outra festa “imperdível” e eu deixava para a próxima. Até que eu conheci o Tonyy e, como eu já o tinha visto tocar em outros lugares, decidimos ir a Trash.

Minha primeira foi a Trash Pijama. Meus pais adorando o clima de “montação” em casa. Até minha irmã entrou no clima! Eu amei o lugar, as pessoas, a energia positiva. Já ganhei o apelido de Cicciolina de Taipas! Mas não tenho só esse, também sou a Fantine (do Rouge) e Miss Kittin (só o Wander!). Na minha terceira Trash fui uma das chacretes. Depois dessa paguei outros micos como metaleira, dançarina de valsa e paquita.

Enquanto a semana vai passando a ansiedade pra ir a Trash vai aumentando: o que será que vão aprontar dessa vez? Qual vai ser a decoração, a performance? E tem toda a diversão com os meus amores (o Cris e o Chico)!

Conheci pessoas tão incríveis que não consigo mais viver sem elas! Hoje já divido a minha vida em antes e depois da Trash!
O que mais gosto na Trash? TUDO!!! Minhas músicas preferidas são as nacionais, porque elas conseguem ser muito cafonas. Mas a number one é “Fogo e Paixão” do Wando!

Não existe outro lugar no qual eu possa me divertir tanto! Todo final de semana na Trash é único!

Chacrete
Wando
Paquitas
Dani, Chico e Cris
Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente