Há 4 meses, algo incrível aconteceu na minha vida.Você seria capaz de
adivinhar?

Sempre quis conhecer a festa, mas me faltava companhia.
Conheci o Gus Vieira (queridíssimo Mr. Trash2004) através do fotolog bem na época que ele tinha tocado na festa. E me arrastou pra lá.

Quando pisei naquele cortiço foi como reencontrar um amigo querido. Eu abracei a festa e a festa me abraçou.
Gus me apresentou pra galera,que hoje mora no meu coração. Viciei na festa no mesmo momento. A Trash é o lugar onde o respeito fala mais alto. E isso você não vê por ai. Onde as pessoas têm valor pelo que são. Onde o importante é estar junto seja pra bater um papo, morrer de dar risadas ou se acabar na pista (normalmente tudo isso junto).

Ah o palquinho!As performances q eu amo (principalmente as paquitas), os vídeos mágicos do telão que já emocionaram muita gente. As recentes Pop Trash sempre tão divertidas, com a dança do banquinho no final. As importantes Trash Benê (que eu acho o máximo!).

Não dá pra descrever o quanto é bom ouvir novamente musicas que fizeram parte de uma época tão feliz. Surto com as infantis, com as bregas que minha mãe cantava sempre pra mim e eu adorava.

E o Magal?Foi a grande descoberta. O show foi incrível nunca vou esquecer. Em pouquíssimo tempo, foram tantos momentos bons que às vezesda um aperto por não ter conhecido a festa antes.Tantos surtos e surpresas…

De uma coisa eu tenho certeza, quando eu for velhinha e ouvir alguma 80’s music,vou me lembrar de uma fase muito feliz,que é essa que estou vivendo hoje!
Musiquinhas que não podem mais faltar: Cindy Laupper, Madonna, Abba, Billy Idol, Boys band (todas), as bregas nacionais, gay music ,as infantis ,”Xanadu” , “Funkytown” , “Daddy Cool” e claro a empolgante French Kiss. Na verdade acho que só não curto mesmo é as da Bahia!

Obrigada aos idealizadores, realizadores, toda a galera que eu amo e que me acolheram com tanto carinho e claro ao meu amigo querido que eu amo, o Gus!
E pra quem não conhece a festa: open up your mind!

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente