“… também quero viajar neste balão”

Talvez essa seria a forma mais adequada de começar a falar sobre como começaram a ir na Trash 80′s. Vamos à famosa historinha: André sempre foi enlouquecido por essa década, conseqüentemente ela já fazia parte de seu cotidiano. Então com o passar do tempo descobriram, via programação noturna de um site, sobre uma festa no centro que tocava música dos anos oitenta… Enfim… Surge o primeiro interesse pelo lugar… Alguns dias depois, e isso parece até coisa de destino, André foi trabalhar em Brasília e uma das modelos contou que tinha ido à festa, que era incrível e todos os elogios que sempre fazem sobre a tal festa… Quando chegou a informação era exatamente essa: “precisamos ir a esse lugar!” No começo Jottinha fez carão… Mas enfim foram de encontro ao PRIMEIRO DIA, se divertiram, André às avessas e Jottinha meio chato, odiou a lotação, pessoas passando, pulando, irritava, e André, praticamente no céu. Então surge a grande proposta: “vamos no próximo sábado de novo!” Foram e finalmente Jottinha começa a gostar do lugar. Depois disso foi só alegria! Jottinha recebeu um comentário da queridíssima Adriana Spaca em seu fotolog e fuçando nos favoritos dela, logo caíram nos fotologs de todos e acabaram entrando na lista também. Primeiro Jottinha, depois André aderiu aos internautas trashers. Então curtiram e curtiram cada vez mais esses momentos junto aos novos amigos. Sendo que por fim, viraram trashers de verdade inclusive networks… onde acabaram chamando pra trabalhar com eles duas trashers também conhecidinhas, Chiara e Lygia. Enfim… é isso!

Musicas e ídolos:

Jottinha:
Metrô – Sândalo de dandy
Perla – pequinina
Metrô – beat acelerado

André:
Ronaldo Resedá – Marron Glacê
Fevers – Elas por elas
Gang 90 e as absurdetes – Nosso louco amor
Infantis todas.

Gostou? Veja também:
Comente no Facebook
Comente